Os desafios de trabalhar em casa

Os desafios de trabalhar em casa

Trabalhar em home office (escritório em casa) é o sonho de muita gente hoje em dia. Segundo pesquisa feita pelo LinkedIn, rede social que compartilha perfis profissionais, os profissionais sentem falta de um horário flexível e um ambiente de trabalho mais confortável.

Foi pensando exatamente nisso que algumas empresas – como Google e Facebook – adotaram um esquema de flexibilidade que aumenta a produtividade dos trabalhadores. Assim nos momentos livres seus funcionários relaxam e com isso trazem mais resultados positivos para a empresa.

Atire a primeira pedra quem nunca ficou mais tempo no escritório ou pegou um trânsito daqueles e ficou contando os minutos para ir para casa, praguejando contra o chefe. Se estivesse trabalhando de casa, tudo seria diferente. Mas para que as metas e os prazos sejam atingidos, você tem que ter muita disciplina.

Aprenda o segredo para fazer o seu home office dos sonhos!

Rotina profissional
Por mais que esteja trabalhando de casa, você precisa ter um ritual para começar o dia. Acorde, escove os dentes, troque de roupa e tome café da manhã. Saiba quais são suas tarefas por dia e comece seu dia de trabalho.

Ambiente de trabalho
Tenha um espaço na sua casa destinado ao trabalho. Uma mesa organizada, seu computador, cadeira confortável e um telefone próprio para o trabalho contribuem para que você crie uma disciplina de trabalho ao longo do dia.

Horário fixo
Imponha horários para o dia de trabalho. Durante esse tempo fuja das distrações e foque nos seus objetivos do dia. Fique longe da televisão e, se precisar, fique off das redes sociais. Desse jeito, não vai precisar trabalhar de madrugada e ter um tempo para você.

Metas diárias
Para ter foco e objetivo nas tarefas de trabalho, tenha metas diárias para entregar ao seu superior. Organize seu dia para conseguir fazer tudo dentro do prazo e conquistar o que pretende no dia.

Reuniões remotas
Busque ferramentas online para a necessidade de falar com alguém da equipe ou em casos de dúvidas. As mais conhecidas e utilizadas são o Skype e o Gtalk. Com essas ferramentas, você pode fazer um call ou sanar problemas de forma rápida e direta.

Direitos e deveres
Trabalhar de casa sai muito mais barato para a empresa e é confortável para o funcionário. Só que no contrato deste serviço devem constar algumas regras: dinheiro para o gasto de energia e móveis para desenvolver a atividade, a empresa pode tirar o horário fixo daquele funcionário e os riscos do negócio não podem ser passados para este funcionário.

Gostou do assunto e quer pensar mais a respeito?
Essa forma de pensar é questionada no livro Reengenharia do Tempo, de Rosiska Darcy de Oliveira. A autora questiona a forma de trabalho atual e faz uma reflexão de como possíveis mudanças podem trazer produtividade para os funcionários.

Faça os cálculos: se você demora 1 hora para se deslocar da sua casa para o trabalho, são duas horas por dia perdidas no trânsito. Multiplicadas por 22 dias úteis 44 horas por mês. O ano tem 12 meses, então são 528 horas desperdiçadas no ano. Em outras palavras, só se deslocando para o trabalho, você perde 22 dias.

Essa nova tendência das empresas e a reflexão de Rosiska fazem com que a nossa forma de pensar mude. Será mesmo que precisamos bater cartão todos os dias? O funcionamento – transporte público e trânsito – das cidades contribuem para que continuemos batendo cartão? Com essas mudanças o funcionário pode render muito mais e ser mais feliz.

Qual é a sua opinião de trabalhar de casa?

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

Carol Sandler

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close