Os investimentos necessários para a chegada de um filho

Os investimentos necessários para a chegada de um filho

Olá, meninas! Luciana Cattony, do Real Maternidade, detalha quais são os principais investimentos que precisam ser feitos para quem está preparando-se para a chegada de um filho.

Ter filhos é investir o tempo todo! Mais ou menos como acontece em um plano de governo. Mas dessa vez, o plano para governar a SUA família. Os investimentos são os mais diversos e o retorno de cada um deles dependerá de seus esforços e escolhas. Alto ou baixo risco? O que vale é investir!

Investir na infra estrutura

Bebê à vista! Muitos cuidados relacionados à infra estrutura do ambiente devem ser tomados. Como será o quartinho do bebê? Remodelar um cômodo existente, pintar paredes, adaptar espaços, arranjar o melhor local para berço, trocador, encaixar uma banheira no banheiro e por aí vai…

Pensar em adaptar a casa protegendo as tomadas e colocando redes nas janelas é bem importante. Com um bebê, muda tudo! Até mesmo o sabão que se usa para lavar as roupas. Mas além disso, a chegada de um novo ser tão frágil e indefeso carrega consigo uma mudança mais profunda: a mudança na estrutura do ser humano. A maternidade nos coloca no lugar do outro e nos faz valorizar, compreender e até mesmo perdoar pessoas; incrível, não? Ter um bebê é investir em nossa própria “infra” pois revemos conceitos e nos redescobrimos diariamente!

Investir na educação

Ter filhos é investir em berçário, escolinha, mochilas, material escolar, uniformes, aulas especializadas, colônias de férias e não pára por aí… O interessante é que além de toda a educação dos filhos, a maternidade também nos coloca em constante reciclagem.

Pais e mães se tornam legítimos pesquisadores e vale tudo para desvendar os mistérios que vêm com o novo integrante da família: investir em livros, revistas, aumentar a velocidade da internet, participar de grupos de discussão… Pais constantemente se reeducam, analisam seus comportamentos, aprendem com a experiência de outras pessoas, mudam suas atitudes e até adaptam seu vocabulário! Tudo isso para serem “O” exemplo. Ter filhos é investir em nossa própria educação! Bonito, né?

Investir no transporte

Com a chegada dos filhos, é necessário investir em alguns itens que facilitarão o transporte das famílias. Precisamos adquirir as famosas cadeirinhas de carro e bebê conforto. Há casais que se dão conta que, com a chegada do pequeno, precisarão de mais um veículo pois aquele que antes atendia tão bem ao casal, não será mais suficiente, tendo em vista toda rotina da criança e os cuidados que ela exige.

E para o transporte dos pequenos não é diferente: investimos nos carrinho de bebês, carrinhos para passeio – mais leves e fáceis de transportar, motinhos, bicicletas etc. Mas me arrisco a dizer que o transporte mais importante relacionado à maternidade é o transporte no tempo! Filhos trazem consigo uma poderosa máquina do tempo que nos faz reviver de forma deliciosa a nossa infância! Essa máquina mágica é capaz de resgatar momentos, pessoas, brincadeiras e sensações que, na maioria das vezes, estavam adormecidas em nossa memória. Recordar é viver! E quem não deseja conexão direta com os deliciosos momentos do passado?

primeira-gravidez

 

Investir na saúde

Com a chegada do bebê, os planos de saúde se fazem mais necessários do que nunca! São inúmeras consultas, vacinas, remédios, vitaminas e outros tantos itens que precisamos adquirir… E quando entram na escola, então? Haja “dim dim” para curar tanta virose!

O curioso é que, além de todo esse investimento, com a chegada dos pequenos os pais se sentem mais motivados a cuidar de sua própria saúde. Afinal, querem estar “inteirões” para acompanhar cada conquista de seus rebentos. A maternidade nos lembra a todo momento que investir em nossa saúde vale lindos momentos no presente e no futuro! Coisa boa, hein?!

Investir em telecomunicações

A comunicação à distância se torna essencial com a chegada dos pequenos. Com os filhos, aprendemos o valor de uma rede de apoio; poder compartilhar experiências e trocar informações nunca foi tão valioso! Quem nunca mandou um “Whatsapp” para o pediatra ou mostrou, cheio de orgulho, a cria pelo “Skype”? Investir em “smartphones”, banda larga, aplicativos; participar ativamente de comunidades, abusar das redes sociais e tudo mais que estreite a relação entre as pessoas faz parte da vida dos pais.

Com a maternidade aprendemos que escutar as pessoas é muito bom; mas sobretudo aprendemos que o melhor mesmo é a gente ouvir o nosso coração. Filhos nos ensinam a investir na comunicação com a gente mesmo; eles nos mostram que a intuição existe e que ela pode ser o melhor caminho a ser seguido!

E para você, que investiu seu tempo e energia lendo até aqui, desejo grandes somas de beijinhos, abraços, carinhos, gratidão e amor de filho. E lembre-se: o que você plantar hoje, com certeza vai render frutos a curto e a longo prazo. Investindo em nossos filhos, mas sobretudo em nós mesmos, o lucro será certo!

 

Luciana Cattony é publicitária e fundadora do site Real Maternidade.  Luciana tem como objetivo facilitar a vida das mães e levar leveza e alegria a essa rotina.

 

Este conteúdo foi útil para você?

Luciana Cattony

Luciana Cattony

Real Maternidade

close