Os sinais de que sua empresa não vai bem

Os sinais de que sua empresa não vai bem

Quanto tempo leva para uma crise financeira ser detectada? Se você é empresária, já deve ter passado por alguns meses no sufoco para manter a contas em dia e o seu empreendimento saudável. Mas e quando o sufoco só piora a cada mês? Em que momento é preciso tomar uma decisão para mudar os rumos da empresa e evitar uma falência?

A demora na elaboração de uma estratégia para escapar de uma crise pode ser fatal para uma empresa, principalmente no caso de pequenos e médios negócios. Os sinais de que é preciso avaliar uma mudança vão além dos atrasos nas contas, existem outros fatores que indicam que sua empresa não está seguindo por um bom caminho.

Modelo de gestão

Os problemas aqui começam a acontecer quando a empreendedora não consegue separar os problemas familiares das questões empresariais. Isso pode acontecer com frequência em empresas familiares ou mesmo quando não há parentes no quadro de funcionários, mas a vida pessoal começa a invadir demais o espaço profissional.

Todas nós temos problemas e é perfeitamente compreensível que não consigamos dar 100% de nós em alguns momentos mais delicados da vida. A questão fica mais complicada quando não há mais espaço entre trabalho e vida pessoal, ou seja, todos os problemas de um lado acabam respingando no outro. Por consequência, o estresse aumenta, o clima no local de trabalho fica contaminado e as coisas começam a fluir mal.

Erros na distribuição de atribuições

Se você quer fazer o seu empreendimento prosperar, é preciso ter bons conhecimentos sobre administração de finanças e também de marketing. E caso não domine bem uma das duas áreas, é preciso ter bons profissionais ocupando essas vagas. Assumir determinadas funções para si sem a devida bagagem de conhecimento é entrar conscientemente em uma grande armadilha.

Tomar decisões precipitadas ou equivocadas porque alguém assumiu para si a tarefa de executar certas funções sem o devido conhecimento infelizmente é uma realidade comum entre muitas empresas que acabam seguindo por um caminho indesejável.

É necessário buscar atualização e não subestimar o potencial de novas ferramentas. Há alguns anos, por exemplo, ninguém poderia imaginar que as redes sociais tornariam-se tão importantes como ferramenta de trabalho. A falta de reconhecimento desse potencial e deixar alguém sem domínio do uso das redes nesse tipo de função pode gerar resultados catastróficos, exemplo disso foi a péssima repercussão de uma resposta mal criada dada pelo dono de um restaurante a uma cliente, em Curitiba. O mesmo vale para funções administrativas e estratégias de marketing: só ocupa o cargo quem realmente souber do assunto.

como tirar uma empresa de uma crise financeira

O tempo de permanência dos funcionários

O quadro de funcionários pode funcionar como um raio-x de uma empresa. Quando a rotatividade é muito grande, é sinal de que algo realmente não vai bem. Por que as pessoas estão desistindo de permanecer na empresa? Atraso no pagamento? Ambiente de trabalho desagradável? Falta de perspectiva?

Na outra ponta, se você já tem uma empresa há muitos anos e mantem basicamente os mesmos funcionários, com uma ou outra mudança, isso também pode indicar um momento para avaliação. Seus funcionários seguem motivados mesmo depois de tanto tempo na casa? Se estão acomodados, como motiva-los? Você tem como proporcionar mais crescimento a esses funcionários?

É preciso sempre trabalhar com boas perspectivas e estudar o que é possível fazer para manter uma equipe de funcionários motivados e satisfeitos com suas carreiras.

Viu só? As contas em atraso são apenas um dos fatores que indicam que as coisas não vão bem. Desesperar-se com as contas no vermelho não vai te levar a nenhuma solução. É preciso sempre estar atenta à origem do problema para buscar uma saída. Se você passa por uma crise financeira em seu negócio, não espere as coisas piorarem para tomar uma providência. Faça um balanço de tudo que está fora do lugar e tome uma decisão para mudar os rumos da sua empresa para melhor!

 

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close