Quanto custa sonhar?

Quanto custa sonhar?

*Priscila Lambach

Gosto muito de perguntar para as pessoas com quem trabalho qual é o sonho de cada uma delas. Curiosamente, as respostas não são variadas. Quase todas, independentemente da idade, querem ter uma boa casa, algumas um carro, e uma família. Um grupo grande também sonha em viajar o mundo, outros querem ser bem-sucedidos no trabalho.

Leitura complementar

Planilha dos Sonhos

Planilha dos Sonhos

Ver mais

Apesar do padrão ser parecido, algumas pessoas surpreendem, com sonhos aventureiros, como pular de paraquedas ou conhecer o Japão. Acredito que o sonho mais impactante que ouvi foi de um adolescente que disse que sonha em ter uma esposa bonita (isso é comum de se ver entre os meninos), filhos e tempo para sua família. Quando ouvi a palavra “tempo” confesso que imediatamente comecei a refletir. Era algo óbvio, porém inédito nos atendimentos. Ter tempo para desfrutar dessa vida dos sonhos realmente é fundamental. De que adianta ter tudo e não ter tempo para aproveitar?

Acho lindo quando refletimos sobre sonhos de criança. Os tradicionais astronauta, professora, bombeiro e bailarina não saíram completamente de moda, porém hoje em dia ouvimos muito a vontade de ser youtuber e designer. Crianças também sonham com rios coloridos, fadas e dragões.

quanto-custa-sonhar

Sonhar é uma das coisas mais maravilhosas que existe. Os sonhos nos movem, nos ajudam a planejar e estabelecer metas na vida. Eles criam uma magia espetacular e dão brilho à nossa existência. São como guias.

Há famílias que ficam preocupadas que seus filhos sonhem alto, pelo risco da frustração. Encorajar os sonhos dos pequenos, dos médios e os grandes é um belo exercício. Ao incentivar o outro, acabamos nos incentivando a seguir nossos sonhos também.

Conforme vamos crescendo, e sentimos na pele os obstáculos da vida, vamos desistindo ou esquecendo de sonhar. É revigorante ver o brilho nos olhos de alguém que quer ser um jornalista famoso da TV, um fotojornalista, uma mãe espetacular ou o que quer que seja.

Como a maior parte das coisas da vida que realmente importam, sonhar é de graça, não custa nada. Dependendo do sonho que se quer realizar, é necessário investimento financeiro, sem dúvida. Porém, imaginá-lo, traçá-lo e segui-lo é custo zero. Vamos sonhar mais em 2017? Fica o convite.

*Priscila Lambach é administradora de empresas e pedagoga. Fala sobre desenvolvimento humano e formação pessoal feitos com poucos recursos, de forma criativa e eficiente – desfazendo a ideia de que para educar bem é preciso investir muito dinheiro.
Émail: contato@priscilalambach.com

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close