Quanto custa sonhar?

Quanto custa sonhar?

*Priscila Lambach

Gosto muito de perguntar para as pessoas com quem trabalho qual é o sonho de cada uma delas. Curiosamente, as respostas não são variadas. Quase todas, independentemente da idade, querem ter uma boa casa, algumas um carro, e uma família. Um grupo grande também sonha em viajar o mundo, outros querem ser bem-sucedidos no trabalho.

Leitura complementar

Planilha dos Sonhos

Planilha dos Sonhos

Ver mais

Apesar do padrão ser parecido, algumas pessoas surpreendem, com sonhos aventureiros, como pular de paraquedas ou conhecer o Japão. Acredito que o sonho mais impactante que ouvi foi de um adolescente que disse que sonha em ter uma esposa bonita (isso é comum de se ver entre os meninos), filhos e tempo para sua família. Quando ouvi a palavra “tempo” confesso que imediatamente comecei a refletir. Era algo óbvio, porém inédito nos atendimentos. Ter tempo para desfrutar dessa vida dos sonhos realmente é fundamental. De que adianta ter tudo e não ter tempo para aproveitar?

Acho lindo quando refletimos sobre sonhos de criança. Os tradicionais astronauta, professora, bombeiro e bailarina não saíram completamente de moda, porém hoje em dia ouvimos muito a vontade de ser youtuber e designer. Crianças também sonham com rios coloridos, fadas e dragões.

quanto-custa-sonhar

Sonhar é uma das coisas mais maravilhosas que existe. Os sonhos nos movem, nos ajudam a planejar e estabelecer metas na vida. Eles criam uma magia espetacular e dão brilho à nossa existência. São como guias.

Há famílias que ficam preocupadas que seus filhos sonhem alto, pelo risco da frustração. Encorajar os sonhos dos pequenos, dos médios e os grandes é um belo exercício. Ao incentivar o outro, acabamos nos incentivando a seguir nossos sonhos também.

Conforme vamos crescendo, e sentimos na pele os obstáculos da vida, vamos desistindo ou esquecendo de sonhar. É revigorante ver o brilho nos olhos de alguém que quer ser um jornalista famoso da TV, um fotojornalista, uma mãe espetacular ou o que quer que seja.

Como a maior parte das coisas da vida que realmente importam, sonhar é de graça, não custa nada. Dependendo do sonho que se quer realizar, é necessário investimento financeiro, sem dúvida. Porém, imaginá-lo, traçá-lo e segui-lo é custo zero. Vamos sonhar mais em 2017? Fica o convite.

*Priscila Lambach é administradora de empresas e pedagoga. Fala sobre desenvolvimento humano e formação pessoal feitos com poucos recursos, de forma criativa e eficiente – desfazendo a ideia de que para educar bem é preciso investir muito dinheiro.
Émail: contato@priscilalambach.com

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Priscila Lambach

Priscila Lambach

Nova perspectiva

close