Quaresma financeira: 5 sacrifícios que você pode fazer para economizar

Quaresma financeira: 5 sacrifícios que você pode fazer para economizar

Desde a quarta-feira de Cinzas, fiéis de religiões cristãs como a Católica e a Ortodoxa seguem os preceitos da Quaresma. Durante quarenta dias, os devotos se preparam para a Páscoa por meio de alguns sacrifícios, como a abstinência de carne e doação de muitas horas para orações.

Em tempos de crise econômica, estes atos de dedicação e sacrifícios podem ser inspiradores, principalmente para quem está endividada.

Segundo o professor da IBE-FGV e especialista em economia, Múcio Zacharias, as famílias brasileiras têm sentido diretamente os efeitos da crise. Para não chegar ao fim do mês devendo, muitas seguem a estratégia de mudar hábitos para escapar da inflação. Contudo, mesmo os métodos mais rigorosos podem não ser suficientes para desafogar o orçamento. Neste caso, é possível se inspirar na Quaresma e partir para os sacrifícios.

>> Aproveite e baixe nossa planilha amiga de orçamento!

Você também vai gostar de:
6 dicas para driblar a inflação no dia a dia
5 sugestões de presentes para escapar da inflação do ovo de Páscoa
5 maneiras de ganhar mais dinheiro em tempos de crise

O especialista explica que para fazer a diferença no orçamento, é importante sair da zona de conforto na hora de cortar gastos. Com a ajuda de Zacharias, criamos uma espécie de Quaresma financeira para purificar o seu bolso. A ideia é que você teste o efeito de cortar alguns hábitos e confortos por pelo menos quarenta dias. Se tiver conseguido ou ainda achar necessário, você pode continuar com estas medidas de restrição por mais tempo .

Deixe o carro na garagem


via GIPHY

Ter um carro é prático, mas custa caro. É preciso gastar com combustível, manutenção, entre outras despesas. “Se diminuir o uso do carro ainda não ajudar com as finanças, abrir mão de dirigir pode fazer a diferença”, sugere o especialista.

Antes de tomar a decisão definitiva, faça um período de testes. Deixe o carro na garagem por quarenta dias e avalie o resultado do sacrifício no fim desse ciclo. Este pode ser um momento para refletir se é o caso de vender o automóvel.

Continue a ler a matéria na próxima página!

Cancele a academia


via GIPHY

A ideia não é parar de malhar. Mas você pode abrir mão dos aparelhos e do ambiente da academia para treinar ao ar livre.

Cancelar a academia para treinar em espaços públicos pode exigir um replanejamento de rotina, pois você terá que calcular o tempo que leva para chegar até o local escolhido para a prática de exercícios, fazer uma adaptação do seu treino antigo para o novo local e encaixar tudo isso à sua rotina de trabalho. É mesmo muito a se pensar, mas para quem precisa economizar, todo o sacrifício vale a pena.

Não leve o cartão de débito com você


via GIPHY

A sensação de segurança e a praticidade são as vantagens de substituir o dinheiro pelo cartão de débito. Mas o hábito de pagar sempre com o cartão pode te estimular a gastar mais do que pretendia. Quando não vemos o dinheiro em espécie saindo de nossas mãos, é como se nem percebêssemos que estamos gastando. Tente sempre pagar em dinheiro, com um valor limite já estipulado.

O especialista aconselha deixar também o cartão de crédito de lado. “Quando você criar o hábito de pagar à vista, suas dívidas diminuem e você tem melhor controle dos seus gastos”, diz Zacharias.

Continue a ler a matéria na próxima página!

Cancele o acesso à internet do seu celular


via GIPHY

Você precisa mesmo de internet funcionando 24 horas em seu celular? Se em sua rotina você passa a maior parte do dia em ambientes com sinal wireless, talvez seja mais conveniente cancelar o plano 3G, que pesa na conta todos os meses.

Caso você precise passar um dia fora, poderá optar por um pacote avulso e mais barato, pagando somente o que vai utilizar em algumas horas.

Segundo Zacharias, a redução de gastos com celular por meio de aplicativos de comunicação instantânea, como o WhatsApp, representa uma economiza significativa para o bolso. Vale lembrar que o serviço é interessante enquanto você estiver usando o Wi-Fi. Logo, o corte da mensalidade de um plano caro pode ser bom para o seu bolso.

Corte os jantares e passeios


via GIPHY

Por quarenta dias, a sua diversão terá que ser em casa. Tente não gastar em restaurantes, cinemas e outras atividades pagas de entretenimento.

Claro que o sacrifício não está em abrir mão do lazer, mas sim em procurar meios para sair da zona de conforto e dispensar as ideias mais tradicionais. Ao invés de ir ao cinema, por exemplo, use e abuse do catálogo de filmes em serviços de streaming e faça uma pipoca caseira.

Não deixe de voltar para nos contar como foi colocar em prática estas sugestões de Quaresma para o seu bolso!

Foto: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close