Quem disse que não dá para organizar as suas contas?

Quem disse que não dá para organizar as suas contas?

*Carolina Ruhman Sandler

Quem consegue ter uma vida financeira organizada? Para muitos, essa ideia parece simplesmente impossível – não estar no vermelho já é uma vitória. Mas a sensação é de vivermos presas em um ciclo vicioso: ganhamos o salário, gastamos com o que precisamos, mas nunca sobra absolutamente nada. Conseguir poupar é como uma miragem – parece possível no começo do mês, mas nunca chegamos lá.

Com isso, ficamos conformadas de que é assim que a vida é. “É assim que a vida funciona”, pensamos. Mas o que existe de diferente com as pessoas que não aceitam isso, correm atrás e conseguem sim juntar um patrimônio, um pouquinho todo mês?

Você também pode gostar:
Conquistando sonhos: a importância do planejamento financeiro
Passo a passo para ter um planejamento financeiro
5 hábitos financeiros para começar já

Li recentemente sobre uma teoria que explica direitinho essa sensação de conformismo. Segundo esta ideia, as pessoas são motivadas a racionalizar e justificar a sua situação presente como legítima, mesmo que isso não esteja de acordo com os seus próprios interesses.

organizacao_financeira

Continue a ler a matéria na próxima página!

“Justificar o sistema padrão serve como um calmante. É como um analgésico emocional: se o mundo tem que ser desta forma, nós não precisamos ficar insatisfeitos. Mas este conformismo nos rouba do ultraje moral para lutarmos contra a injustiça e da determinação criativa  para pensar em alternativas para a situação”, diz Adam Grant no livro “Originals” (Originais, em tradução livre).

Traduzindo isso para a nossa vida financeira: nos conformamos que é desta forma que o mundo funciona e que a única possibilidade para os mortais é viver sempre no limite, no vermelho, sem dinheiro. Mas e se não precisar ser assim?

Quando cai a ficha de que qualquer um consegue sacodir a poeira, organizar as suas contas, quitar o que deve e começar a juntar dinheiro, você percebe que também pode fazer isso. E para isso, é só começar.

*Carolina Ruhman Sandler é a fundadora do site Finanças Femininas e coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva). Jornalista, tem 31 anos, é casada e mãe da Beatriz.

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close