Renegocie sua dívida sem entrar em uma fria

Renegocie sua dívida sem entrar em uma fria

Perder o controle sobre as dívidas é literalmente caminhar para trás. Afinal, trabalhar duro diariamente precisa ter um objetivo maior do que simplesmente pagar as contas. Os motivos que levam ao surgimento de uma dívida são vários, alguns por necessidades – como o custeio de uma cirurgia – e outros por questões mais superficiais, como a falta de limites na hora do uso do cartão de crédito.

Independente dos motivos que a deixaram endividada, se você tiver tomado a decisão de renegociar essa dívida com o banco, já está dando um passo a frente para tirar essa corda do pescoço.

Em todo caso, já que a intenção é trazer um alívio para o bolso e permitir que você coloque suas contas em dia, vale observar alguns cuidados para que você não perca-se novamente.

como renegociar a dívida

Diminuição dos juros

Seu objetivo é sair do vermelho e o objetivo do banco é receber o dinheiro. Sendo assim, o mais provável é que você não tenha dificuldade na redução dos juros do valor total de sua dívida, o que significa que você gastará menos para quitá-la. Conseguir isso em um processo de renegociação é fundamental e não é tão difícil conseguir.

Sem a redução dos juros, pode ser mais interessante migrar a sua dívida para outro banco, a famosa portabilidade. Fazer isso é trabalhoso, mas pode ser financeiramente mais interessante.

Parcelamento

A segunda questão a ser avaliada na hora da renegociação, porém não menos importante que a primeira, é o valor e quantidade de parcelas em que sua dívida será diluída. Pode ser que você receba propostas de parcelamentos que comprometam mais de 30% da sua renda. Sendo assim, a renegociação não fica interessante.

Isso porque com essa fatia do orçamento comprometido, você terá dificuldades para arcar com as despesas diárias e corre o risco de adquirir uma nova dívida.

O ideal é batalhar para um parcelamento que não comprometa mais que 20% da sua renda, para que você tenha alguma brecha para continuar pagando as demais contas.

 

E você, já enfrentou problemas para renegociar dívidas? Conte para nós a sua experiência.

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close