Saiba como aumentar sua renda no Dia Mundial da Poupança

Saiba como aumentar sua renda no Dia Mundial da Poupança

Em datas como Dia das Mães, dos Pais, dos Namorados, das Crianças, sempre nos preocupamos em comprar um presente para agradar a pessoa homenageada. Mesmo quando o orçamento está apertado, fazemos uma forcinha para comprar nem que seja uma lembrança, um cartãozinho, enfim, o que não vale é deixar o dia passar em branco. Pois hoje, para quem não sabe, é dia de celebrar algo muito importante e o presente que você vai se dar não vai pesar no seu bolso, muito pelo contrário!

Está confusa? Então nós já explicamos: hoje é o Dia Mundial da Poupança. E não estamos falando somente da famosa caderneta, presente na vida de tantos brasileiros, o dia 31 de outubro é marcado para celebrar o cuidado com o nosso futuro, o planejamento para fazer reservas financeiras, independente da forma como você escolher para fazer isso.

E para comemorar a data, vamos fazer uma proposta diferente. O seu presente será economizar aquele dinheirinho que você gastaria sem nem perceber direito. Passe reto das lojas em liquidação, deixe o jantar caro ou aquela balada para uma outra ocasião e coloque o dinheiro que usaria em sua aplicação, seja ela qual for (poupança, fundos de investimentos, tesouro direto, etc).

Se o seu orçamento anda ruim, nunca é tarde para rever suas metas e se reorganizar, aproveite esta data como um incentivo para colocar tudo em ordem. Para te ajudar a incrementar sua reserva financeira, vamos dar algumas dicas que podem servir como um empurrãozinho.

Comece agora a pensar em suas metas para 2015

A gente tem essa tradição de fazer mil planos para a virada do ano, mas por qual motivo não podemos pensar nisso hoje? Agora? Quanto maior a antecedência que você planejar seu futuro, mais condições você terá de estruturar-se para obter bons resultados o quanto antes.

Acha que está gastando demais? Comece a diminuir as despesas desde já. Estabeleça uma meta mensal do quanto você deve separar de sua renda para colocar em algum investimento ou fundo de emergência.

dinheiro_na_poupanca

 

Organize suas dívidas

Sejamos honestas: se você estiver muito endividada, evitar pensar no assunto ou fingir que isso não está acontecendo não vai resolver o problema, muito pelo contrário. É hora de sair dessa e para isso você precisa de um plano. Reúna as cobranças, pegue a calculadora e coloque na ponta do lápis o quanto você precisa pagar para ficar com o nome limpo e nenhuma pendência.

Com o valor em mãos, é hora de renegociar a dívida com o banco. Se estiver pagando juros altos, como aqueles das dívidas com cartões de crédito ou cheque especial, é hora de trocar sua dívida por uma mais barata.

Reveja seu padrão de vida

Analise friamente a forma como você lida com dinheiro hoje. Você acha que tem guardado o suficiente da sua renda para situações futuras? O ideal é que consigamos guardar pelo menos 20% do que recebemos por mês. Se você não está conseguindo fazer isso, reveja em seus gastos corriqueiros o que pode ser cortado ou substituído por algo mais barato.

Estude todas as possibilidades de investimento

Quer ter uma renda extra e não sabe ainda como investir seu dinheiro? Então separe tempo para entender melhor as diversas opções existentes no mercado e o seu perfil de investidora. Para as mais conservadoras, existem diversas opções na renda fixa além da caderneta de poupança, como os CDBs, o Tesouro Direto, as LCIs, LCAs e os fundos de investimentos. Aquelas com perfil mais moderado ou agressivo podem interessar-se pelos fundos de ações ou em comprar ações diretamente, bem como entender melhor como funciona o investimento em debêntures.

O importante é não deixar seu dinheiro parado, porque isso significa perder poder de compra. Com os juros da nossa economia subindo, você pode usar isso a seu favor, escolhendo um investimento atrelado à taxa Selic.

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close