Sinais de que seu relacionamento está atrapalhando sua vida financeira

Sinais de que seu relacionamento está atrapalhando sua vida financeira

O relacionamento amoroso nem sempre é um mar de rosas. Além dos conflitos comuns entre casais, questões envolvendo dinheiro também podem afetar a qualidade da relação. Fique atenta para que questões financeiras não prejudiquem seu relacionamento e você possa ter uma boa experiência amorosa.

A escolha de quem está ao seu lado pode evitar muitos problemas, segundo Ieda Zamel Dorfman, presidente da Agatef (Associação Gaúcha de Terapia Familiar), coordenadora da comissão de pesquisa da Abratef (Associação Brasileira de Terapia Familiar), psicóloga individual e psicoterapeuta de casal e família. De acordo com ela, na hora da escolha a mulher deve levar em conta fatores como objetivos de vida em comum e observar se a pessoa a apoia em seus projetos. É fundamental que o(a) parceiro(a) também incentive a independência financeira da mulher.

Você também pode gostar:
O casal vai morar junto? É hora de falar sobre dinheiro
O que fazer quando o orçamento do casal cai pela metade?
É possível alterar o regime de bens do casamento?

Se a relação estiver causando problemas, isso pode influenciar o desempenho no trabalho e acabar trazendo consequências no âmbito financeiro. “Os conflitos emocionais podem atrapalhar. Quando o relacionamento influencia na vida profissional, quando o homem não quer que a mulher trabalhe ou a trai… tudo isso afeta o desempenho profissional”, afirmou Ieda.

Segundo a psicóloga, para que a relação não prejudique financeiramente a mulher, é preciso afastar uma postura submissa. “Se ela perceber que o relacionamento está afetando as finanças, deve dialogar sobre o assunto, enfrentar as dificuldades para superar o período de conflito e não empurrar os problemas com a barriga”, afirmou a especialista.

Quando o assunto for a transparência sobre os gastos, é preciso saber diferenciar alguns aspectos importantes. Os gastos em comum do casal devem ser tratados abertamente para evitar problemas financeiros – e isso é positivo para ambos os lados. Mas são sinais de alerta situações em que a mulher precise prestar contas de tudo que gasta ou em que abra mão de cuidar do próprio dinheiro. Em uma relação saudável, o casal precisa se organizar financeiramente, sem que nenhum dos lados tenha que abrir mão da individualidade.

problemas_relacionamento

Continue a ler a matéria na próxima página!

Conflitos do casal também podem levar à desorganização das finanças, principalmente se a mulher estiver com a autoestima baixa, segundo Ieda. “Há casos em que parceiros desvalorizam a competência da mulher, aí ela começa a dar presentes mais caros do que deveria para impressionar”, explicou.

Ela ressalta ainda que existem situações em que a mulher tenta ‘comprar’ o carinho para compensar a carência, compra presentes como se eles trouxessem afetividade. “A mulher também pode deixar de se preocupar consigo e isso pode levá-la a dar presentes exagerados”, acrescentou.

Segundo a psicóloga, os homens também podem se atrapalhar com as próprias finanças, pedir a colaboração da mulher e isso a desorganizar no aspecto financeiro. Mas será que todas correm risco de ter a vida financeira prejudicada por causa do relacionamento amoroso?

De acordo com Ieda, em geral, o perfil de mulheres que passam por algum abuso financeiro é de baixa autoestima, complexo de inferioridade e idealização do(a) parceiro(a). Se você perceber que o seu relacionamento está prejudicando-a seja na carreira ou nas finanças, é preciso reflexão sobre o assunto e diálogo para resolver a questão. Lembre-se que é importante sempre se valorizar e buscar autonomia. Se você batalhou a vida inteira, estudou e tem seu emprego, não é justo que seu(sua) companheiro(a) não a incentive ou lhe peça para deixar o emprego.

Se você deixar o trabalho, pode ser difícil “consertar” as coisas mais tarde e você poderá enfrentar dificuldades ao retomar a carreira. Se você está em um relacionamento no qual seu(sua) parceiro(a) não dá valor à sua competência, fique alerta. Em uma relação, é importante que um apoie e valorize o outro. É importante também não confundir afeto com presentes. Amor é algo conquistado, e não comprado. Se achar que não está sendo correspondida como gostaria, converse sobre o assunto. Você é quem tem que se amar em primeiro lugar. Deixar de se preocupar consigo e gastar exageradamente com presentes para o(a) outro(a) não é algo saudável.

Cuide bem de si mesma, tome o controle de sua vida e de suas finanças. Planeje seu orçamento, saiba como está sua situação financeira. Quanto mais você se conhecer, se valorizar, for responsável com seu dinheiro e independente, menos chance terá de que seu relacionamento atrapalhe sua vida financeira.

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close