8 hábitos para ajudar na adaptação a uma nova cidade

Foi surpreendida por uma ótima proposta de emprego em outra cidade? Veja algumas dicas que vão lhe ajudar a adaptar-se ao seu novo lar! leia mais

Sua carreira está precisando de um “up” e de repente você recebe uma ótima proposta em outra cidade ou é transferida de seu emprego para ocupar um cargo com mais responsabilidades. Se não houver um motivo muito forte para recusar a proposta, fazer as malas é a escolha mais óbvia, ainda mais no momento em que o país passa por uma forte crise financeira, em que é preciso esforçar-se ainda mais para mostrar qualidade, diferencial e produtividade no trabalho.

Mudar de cidade é algo muito maior do que simplesmente trocar de endereço. Além de todas as mudanças no orçamento, tendo em vista as oscilações no custo de vida, são novas responsabilidades em um novo ambiente de trabalho, novos ares, novas pessoas e cultura diferente.

Você também pode gostar:
3 aspectos para avaliar antes de morar sozinha
Como mudar de cidade sem estourar o orçamento
Como não passar do limite no supermercado?

Inspiradas por um artigo da Levo League, listamos aqui alguns hábitos que podem te ajudar a adaptar-se a uma nova cidade.

Faça sua rota casa-trabalho antes de começar

Programe-se para instalar-se na nova cidade pelo menos uma semana antes de começar a trabalhar. Desta forma, além de ter tempo para colocar suas coisas em ordem na nova casa, você tira um dia da semana para fazer o trajeto de casa para o trabalho. O ideal é fazer isso em um dia útil e com o trânsito movimentado, para você ter uma real noção de quanto tempo pode gastar para chegar ao escritório. Isso é útil para que você evite atrasos logo no primeiro dia por ter desembarcado do ônibus no ponto errado ou se equivocado no caminho feito de carro.

Examine bem a vizinhança

Tire um tempo para conhecer as peculiaridades da sua vizinhança. A padaria tradicional que fica há duas quadras do seu prédio, a feira de rua que acontece às quintas-feiras, o barzinho bacana com música ao vivo na sua esquina, enfim, os pontos característicos do seu entorno. Isso é importante não só para você saber o que tem de útil ao seu redor, mas esses lugares também podem ser interessantes para você conhecer pessoas legais e fazer novas amizades.

Crie uma rotina 

Estabelecer uma rotina nova é interessante para que você sinta-se mais confortável e adapte-se logo a reconhecer o ambiente em que está e as coisas que faz como coisas familiares para você. Frequentar os mesmos lugares durante um certo período e manter seu dia bem movimentado, além de ajudar a criar a sensação de familiaridade, mantém a sua mente ocupada nos momentos em que você estiver sentindo-se sozinha.

Procure amigos de amigos

Mudou-se para um local onde não há nenhuma pessoa que você conheça? Dê uma boa busca em seus contatos e descubra amigos de amigos que estejam por ai. É uma forma de criar novas amizades, conhecer turmas novas e expandir seus relacionamentos na nova cidade.

amigos-cafe

Faça atividades-extras

Caminhadas matinais, passeios de bicicleta, aulas de ioga, curso de idiomas, enfim, existem uma série de atividades extras que você pode incluir em sua rotina que serão benéficas para você. Além de te ajudarem a relaxar e tirar a cabeça do trabalho (afinal, é preciso curtir os momentos fora do escritório!), são formas de conhecer pessoas totalmente diferentes, fora de seus ciclos sociais no ambiente profissional.

Explore a cidade

É domingo e está em casa sem o que fazer? Procure um passeio interessante, pode ser um museu, uma galeria de arte, um ponto turístico bacana. Procure sair da sua vizinhança e conheça lugares novos.

Deixe a sua casa aconchegante

Quando estiver organizando a mudança, coloque pertences que te tragam boas lembranças ou que já fazem parte da sua rotina há muito tempo. Pode ser aquele pijama velho que você adora, um mural de fotos com os amigos, uma coleção de discos ou objetos de decoração que tenham um valor sentimental para você. Tudo isso ajuda a tornar o ambiente familiar e acabar rápido com aquela sensação esquisita dos primeiros dias, quando você ainda não sente-se totalmente em casa.

 Aprecie as diferenças

A comparação é um hábito praticamente automático em nossas vidas, principalmente em relação a culturas diferentes. Quem nunca passou pela situação de conversar com um amigo que passou um tempo viajando e ouvi-lo comparar hábitos, custos, comportamentos, etc? Observe o que a nova cidade tem de bom a lhe oferecer, quais as mudanças mais impactantes em relação à sua cultura e aprecie as mudanças que lhe agradam, é uma forma de criar um certo “carinho” com o local.

Crédito das fotos: Shutterstock