6 formas “sem noção” de usar o seu dinheiro

Usar o dinheiro sem antes usar a cabeça é uma falha grotesca que cometemos algumas vezes na vida. Veja alguns erros para serem evitados. leia mais

Todo mundo sempre tem uma pessoa sem noção no círculo de amizades. Seja para render boas histórias ou lhe fazer passar por muitos constrangimentos, tem sempre alguém na turma que é responsável por soltar os comentários de mau gosto, dar má nota nas conversas justamente quando o (a) paquera está por perto ou te arrumar um motivo que seja para dizer “onde é que você estava com a cabeça?!”.

Acontece que muitas vezes, tal qual nossos amigos sem noção, nós também tomamos decisões absurdas com dinheiro e nem nos damos conta disso. Se você já alguma das coisas listadas abaixo, está na hora de deixar de ser sem noção com sua grana!

Você também pode gostar:
7 ditados sobre dinheiro que você não deve esquecer
9 conselhos de mãe para a vida financeira
7 “economias” que não valem a pena

Ter dívida no cartão de crédito e não usar reserva financeira para pagar

Você leva um tempo para juntar uma graninha, pensando em uma viagem ou coisa parecida. Em contrapartida, o uso do cartão de crédito foi acima do que deveria e eis que surge a dívida. Você fica relutante em mexer na reserva financeira e deixa a dívida crescer. Resultado? O valor que você deve cresce assustadoramente a cada mês e o valor da dívida supera o valor que você tem guardado. Não tem o menor cabimento deixar a situação chegar a este ponto. Pague o que deve, reveja seus hábitos de consumo e volte a guardar dinheiro.

Juntar dinheiro, mas deixar tudo na conta corrente

Todo mês você tem o compromisso de guardar uma parte do salário? Parabéns, está mais do que certa. Mas o dinheiro que você deixa de gastar fica parado na sua conta corrente? Vá hoje mesmo procurar uma opção de investimento para colocar seu dinheiro. Por que deixar o dinheiro parado, com a inflação comendo o seu poder de compra, se você pode fazer seu dinheiro render?

Deixar de renegociar uma dívida de juros altos

Dívidas tiram o sossego da gente, mas elas precisam ser quitadas. Não adianta ignorar as cartinhas de cobrança e os telefonemas insistentes dos credores. Deixar que a dívida cresça sem tomar providências só vai piorar seu problema a longo prazo e dificultar as possibilidades de uma boa renegociação. Converse, renegocie ou tente conseguir um empréstimo com juros menores para quitar esta dívida, para que assim você possa pagar o empréstimo sem tanto sufoco.

mulher-dividas

Tomar empréstimo em nome de outros

Ajudar as pessoas queridas em um momento de dificuldade é um ato admirável. O problema é dispor-se a fazer isso quando você mesma não tem condições de fazer isso. Uma coisa é você ter um dinheiro guardado e ter a possibilidade de emprestar a um amigo, outra completamente diferente é assumir uma dívida para ajudar alguém. Se a pessoa não tiver condições de arcar com o compromisso, é o seu nome que ficará sujo!

Tomar empréstimo maior do que tem condições de pagar

Você precisa levantar um dinheiro e vai atrás de um empréstimo. Seus planos são ambiciosos e você faz uma simulação ousada, contando que vai poder quitar o montante em dois anos. Só que você criou expectativas altas demais e as parcelas não estão cabendo no bolso. Para evitar essa corda no pescoço, faça um planejamento com os pés no chão, levando em consideração os obstáculos que podem aparecer no caminho. Tome um empréstimo com um valor moderado, para que você tenha condições de paga-lo com tranquilidade.

Usar o cheque especial como uma extensão da conta corrente

Todo mês você usa uma quantia do cheque especial para cobrir algum buraco no orçamento. Com o passar do tempo, acostuma-se a contar com aquele dinheiro como algo fixo, como se ele fosse seu. Acontece que não é. Está ali ao alcance das suas mãos, super fácil de usar, mas quando a esmola é demais, o santo desconfia. O cheque especial tem juros tão astronômicos quanto seu cartão de crédito, portanto, é melhor não ficar contando com essa grana porque ela sai cara!

 

Crédito das fotos: Shutterstock