Sou inexperiente, que tipo de investimento devo fazer?

Sou inexperiente, que tipo de investimento devo fazer?

Para qualquer tipo de de situação que passamos na vida, a ordem natural é começar de baixo até alcançar o topo, não é verdade? A entrada em uma empresa, possibilitada através de um estágio, pode chegar a um cargo de chefia ao longo dos anos. Assim como um casamento feliz precisa ser antecedido da fase do namoro.

Para alcançarmos patamares mais elevados, e que dependem de mais maturidade, precisamos passar pela fase do aprendizado. É a bagagem ao longo deste caminho que nos permitirá ter segurança para os desafios maiores.

O mesmo pode ser aplicado quando você é uma mulher jovem, tem desejo de começar a investir, mas ainda não tem experiência no assunto. Como mencionamos aqui algumas vezes, cada mulher pode enquadrar-se em um perfil de investimento diferente, por isso o ideal é conhecer bem o tipo de ativo que pretende escolher, em vez de repetir escolhas de amigos e pessoas próximas.

Escolhendo riscos

Naturalmente, para quem ainda não tem experiência e tampouco grandes somas de dinheiro para investir, o mais prudente é seguir uma estratégia um pouco mais conservadora. Você pode começar escolhendo ativos de renda fixa, como os CDBs ou os títulos do Tesouro Direto, por exemplo.

Uma boa dica para quem ainda é pouco experiente, mas gostaria de ter uma carteira de investimentos diversificada, é optar por um fundo de renda fixa. Neste caso, uma pessoa especialista fica a cargo de escolher os principais ativos para investir o dinheiro, de modo que você ganha mais estabilidade, tendo em vista que as perdas de um determinado investimento podem ser cobertas pelos ganhos em outro.

Se você tem um perfil um pouco mais ousado e gostaria de aprender a investir na Bolsa de Valores, que tal começar por um fundo de ações em vez de escolher os papeis logo de cara por si só? Aqui vale o mesmo que explicamos na situação acima, as escolhas das ações são feitas por um especialista no mercado financeiro. Você tem a vantagem de acompanhar o processo antes de tentar fazer suas aplicações sozinha. Outra estratégia interessante é fazer uma espécie de “treino” antes de ingressar na Bolsa de Valores, através dos simuladores.

estratégias para quem vai começar a investir

A importância de ir com calma

Com mais cautela e evitando grandes riscos logo de cara, você tem mais chances de proteger-se de perdas significativas e vai ganhando tempo para amadurecer suas habilidades como investidora, de conhecer melhor seu tipo de perfil de investimento e os objetivos que pretende com a sua rentabilidade.

Além disso, imagine a seguinte situação: você tem R$ 5 mil para investir e resolve logo de cara aplicar em um investimento mais ousado, a fazer uma operação de maior risco no mercado de renda variável, por exemplo. Suponhamos que sua estratégia não dê certo e você perca tudo que investiu. Para quem ainda está começando, quem tem uma carreira ainda em início de trajetória, precisa conquistar patrimônio, uma quantia dessas representa muita coisa. Não seria então melhor colocar sua grana em um investimento que não ofereça um risco tão grande, pelo menos inicialmente?

É tudo uma questão de dar o passo de acordo com o que a perna alcança. Vai chegar o momento em que você estará segura para adotar estratégias mais ousadas, mas enquanto ainda está começando, é melhor ir com calma!

 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close