Tesouro Direto: o que seu gerente de banco não conta

Tesouro Direto: o que seu gerente de banco não conta

*André Massaro

A Caderneta de Poupança continua sendo o investimento mais popular do Brasil. É uma preferência muito mais emocional, afinal, somos “doutrinados” a associar a Caderneta de Poupança com “segurança” do que com técnica ou lógica. O fato é que a Poupança é um investimento de baixa rentabilidade e não é, nem de longe, a aplicação mais segura disponível no mercado financeiro.

De uma forma geral, o Tesouro Direto não é o investimento que os bancos mais gostam de promover. A remuneração é baixa para o banco se compararmos com outros produtos – como fundos de investimento e previdência privada – e há, sabidamente, uma enorme pressão sobre gerentes de bancos para cumprirem as metas de vendas dos demais produtos.

Leitura complementar

Investimento para iniciantes

Investimento para iniciantes

Ver mais

Enfim, não há muito incentivo para a promoção do Tesouro Direto, por isso muitos gerentes não falam nele. Só vão falar se você perguntar. Em um cenário ainda pior, às vezes falam dando informações incorretas, depreciando o Tesouro Direto – já vi isso acontecer mais de uma vez.

Sendo assim, seguem algumas informações que você precisa saber sobre o Tesouro Direto e que, provavelmente, seu gerente não vai te contar:

– O mais seguro

Os títulos negociados no Tesouro Direto são os investimentos mais seguros do Brasil. Eles são garantidos, sem limite de valor, por aval do Tesouro Nacional. Essa garantia é muito mais forte do que o Fundo Garantidor de Créditos, que garante depósitos bancários e é limitado a R$ 250 mil.

– Boa rentabilidade

A despeito de serem os investimentos mais seguros do Brasil, os títulos do Tesouro Direto frequentemente oferecem remuneração maior do que títulos equivalentes, porém menos seguros, oferecidos por bancos.

tesouro_direto_andre-massaro

– Boa liquidez (mas poderia ser melhor)

Qualquer título do Tesouro Direto pode ser liquidado a qualquer dia, inclusive em feriados e fins de semana. O nome técnico para essa liquidação é “recompra”, e não “resgate”.

Porém, a liquidação ocorre em um dia – ou, no jargão do mercado financeiro: “D+1”. Diferentemente da Caderneta de Poupança ou, por exemplo, um CDB de liquidez diária, que podem ser resgatados e ficam disponíveis no mesmo dia. É uma desvantagem do Tesouro Direto em relação aos títulos bancários, mas a liquidez ainda assim pode ser considerada muito boa.

 – Baixos custos

No Tesouro Direto, o investidor arca com dois custos (além dos impostos, que afetam todos os investimentos de renda fixa): a taxa de custódia e a taxa de administração. A taxa de custódia é paga para a bolsa de valores – que opera o sistema do Tesouro Direto – e é fixa. Já a taxa de administração varia conforme a instituição financeira, sendo que algumas delas não cobram de taxa de administração como um artifício para atrair investidores.

Mesmo quando a taxa de administração existe, ainda assim ela costuma ser significativamente mais baixa do que a praticada, por exemplo, pelos fundos de investimento.

Enfim, se você se interessa pelo Tesouro Direto, procure sempre se informar em fontes mais isentas e desprovidas de conflitos de interesse. Gerentes de banco são, em geral, profissionais sérios, íntegros e capacitados, mas não se deve perder de perspectiva que quem paga o salário do gerente é o banco, e não o cliente. Por isso, não espere que ele trabalhe para você!

>> Para ler mais e se aprofundar neste tipo de investimento, baixe gratuitamente o e-book Guia Fácil do Tesouro Direto!

*Um dos maiores especialistas em finanças e investimentos do Brasil, André Massaro é criador do curso “Investidor em Renda Fixa”, voltado para investidores iniciantes e intermediários que querem entender mais sobre renda fixa e melhorar as suas aplicações.

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close