Truques para manter o equilíbrio familiar e profissional

Truques para manter o equilíbrio familiar e profissional

É difícil conseguir uma posição de destaque numa empresa, sim. E isso não muda para os homens e para as mulheres, as dificuldades são as mesmas – mas estamos falando estritamente dentro do escritório. Porque fora dele, a mulher é normalmente a responsável pelos cuidados da casa e dos filhos, conforme mostram diversos levantamentos. Ou seja, depois do trabalho, ela ainda tem que encarar um segundo e um terceiro turnos.

Mas isso não quer dizer que a mulher não está bombando na sua carreira – pelo contrário! Com o passar do tempo as mulheres estão ocupando cada vez mais altos cargos e se destacando profissionalmente, seja ocupando cargos altos em empresas ou então montando os seus próprios negócios. Neste novo mundo, as mulheres têm maior escolaridade que os homens e encontram cada vez mais oportunidades no mercado de trabalho. Porém, em diversas ocasiões, você ainda encontra mulheres ganhando menos do que homens que ocupam os mesmos cargos, o que motiva a continuidade da briga pelos mesmos direitos na carreira… Você duvida? Segundo um estudo do IBGE, a diferença salarial entre homens e mulheres é de 28%!

O principal desafio para uma profissional de sucesso é manter equilibrada a vida profissional e familiar? Como contamos (e não é nenhuma novidade), as mulheres são normalmente as responsáveis por manter o bem-estar dos filhos e da casa. Apesar desse cenário mudar devagar com o passar do tempo, os homens tendem a dividir melhor as tarefas e trocar de função com a mulher. Agora cada vez mais eles participam e cuidam da casa e dos principais cuidados com os filhos. 

Dá uma dor no coração acordar, ir para o trabalho e deixar seu bebê em casa. A distância entre vocês parece de oceanos e o pensamento só fica nele. De minuto em minuto, quer saber se ele comeu bem, como está e quais foram as mudanças. É difícil ficar longe, mas também é possível aprender com isso e amadurecer na sua carreira profissional. Veja como:

Deixe a criança segura. Assim como você sente a dificuldade de dizer tchau e ir trabalhar, o bebê nem sempre entende essa separação. Ao sair diga que está saindo, o horário que vai voltar e com quem vai ficar no período que você está longe. Fale isso baixinho, com segurança, fazendo carinho e mostrando como ele é especial pra você. Para você ficar segura e sem preocupações durante o dia, tenha uma pessoa de confiança cuidando do seu bebê. Se não tiver nenhum familiar para ajudar nessa época, procure uma babá com referências anteriores e faça uma boa entrevista antes.

Organize seu tempo. Você precisa trabalhar, mas também precisa ter um tempo para você e sua família. Faça o seu trabalho no horário estipulado para isso. Para não perder tempo, num papel, faça uma lista com todas as suas atividades da semana. Em outro, escreva os dias da semana e vá organizando tudo nesses dias. Para conseguir fazer isso bem, precisa saber quanto tempo gasta em cada atividade. Vai ver como fica mais fácil se organizar e não se perder. Assim que for terminando, risque todas e parta para a próxima. Conforme você se torna mais produtiva, precisa de menos tempo para fazer as mesmas atividades. Nos momentos livres, relaxe e curta a sua casa e todos que estão próximos.\

Procure negociar os seus horários. Converse com seus superiores sobre a sua nova situação familiar. É possível rever os seus horários, para incluir alguma flexibilidade no trabalho? Tem alguma mulher (ou homem!) que trabalhe parte do dia ou alguns dias por semana de casa? Vale pesquisar como isto funciona na empresa que você trabalha e no seu mercado. Se você sentir que há espaço, traga este assunto para o seu chefe. Essas mudanças nunca ocorrem de um dia para outro, mas esta pode ser uma boa solução para você manter a sua carreira e conseguir estar perto da sua família.

Peça ajuda para o seu marido. Quem disse que todas as responsabilidades da família têm que ficar só com você? O mundo está mudando e tem muito homem por aí que ajuda a lavar a louça e dar banho nas crianças. Não é para parabenizá-los, mas eles podem servir de exemplo para o seu marido. Se o acordo entre vocês é que a carreira é importante para os dois – e a família também -, não tem porque vocês não encontrarem formas de dividir as responsabilidades com a casa e as crianças. Procure conversar com ele e veja como vocês podem reequilibrar as tarefas do lar.

Divirta-se sempre que conseguir. No tempo livre, deixe os problemas e as decisões profissionais para trás. Se preocupe apenas em relaxar e curtir quem ama. Então quando for hora de relaxar e se divertir, aproveite! Tente equilibrar programas em família – como uma viagem ou ir naquele parque de diversões que as crianças amam – com programas só para o casal, e reserve um horário para você fazer o que você ama. Se você se organizar, vai poder curtir de verdade os momentos de lazer. Todo mundo – e você principalmente! – agradece!

Você vive na correria entre o trabalho e os cuidados da sua casa? Como faz para manter um equilíbrio? Conte para a gente nos comentários!

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

carolinaruhman

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close