Um Carnaval digno de Copa

Um Carnaval digno de Copa

Bom dia, meninas! Todo mundo em clima de carnaval, ainda que este ano a folia pareça estar um pouco murcha. Na coluna Em $uma de hoje, a jornalista Naiara Bertão mostra porque a festa não está tão animada quanto em outros anos.

Olá, meninas!

Nada melhor do que um feriadão para esquecer um pouco desse começo de ano duro que estamos tendo aqui no Brasil, né? Os problemas são muitos, as perspectivas ruins, o medo de demissões só aumenta, mas, no final das contas, é carnaval! O tempo é de diversão, festas, risadas, conversas e danças!

E é justamente no clima de brincadeira que uma turma aproveitou para criticar a atual crise da água. Um bloco de carnaval de rua de São Paulo, o “Nóis Trupica Mais Não Cai”, produziu um clipe para a marchinha “Sereia da Cantareira”: “Tô seca, não tô molhada / Eu sou sereia da Cantareira / Quem vai ‘Alckmizar’ água de esgoto por aí? / Do M’Boi Mirim até o U do Morumbi”, diz um trecho. “Tucano se mandou / O lambari morreu / E até sereia encalhou”, segue a música.

O humor é sempre válido em momentos de crise, mas, infelizmente, não é a solução. Aliás, o problema está longe de ser solucionado e muitas cidades vão deixar de lucrar com o feriado do carnaval por causa da falta d’água, mais de 20 cidades mineiras, por exemplo. Outra alegação das prefeituras têm sido a falta de dinheiro para bancar as festas para a diversão da população.

fim_de_carnaval

Ouvi também muitas pessoas reclamarem que não vão viajar no carnaval por falta de dinheiro. Os preços ‘arregaladores-de-olhos’ das passagens aéreas e pousadas estão assustando a fiel clientela que debandava em peso de suas cidades de origem para lotar as ruas do Rio de Janeiro, Salvador, Ouro Preto, Olinda, Florianópolis, etc etc etc etc. Não que esses lugares se esvaziarão este ano. Pelo contrário, a Riotur estima que 917 mil turistas passem pelo Rio durante o Carnaval e que a folia movimente um total de R$ 1 bilhão na cidade. Salvador diz que 1,5 milhão de pessoas deve visitar a cidade e 250 mil empregos gerados temporariamente.

Afinal, nem todos saem perdendo em momentos de crise – vide os perfuradores de poços artesianos, donos de empresas de caminhão-pipa, proprietários de minas de água mineral, diretores de fábricas de geradores de energia, ventiladores, ares-condicionados, equipamentos de limpeza a vapor.

Mesmo assim, o clima está quente, mas não fervendo como na época da Copa do Mundo, ano passado, quando todos compramos roupas amarelas, verdes e azuis, pintamos o rosto, garantimos a cerveja e o local da concentração e nos revoltávamos com uma seleção capenga, que não mostrava em campo todo o seu potencial.

A diferença do carnaval deste ano para a Copa está na expectativa. Lá atrás todos tínhamos uma elevada expectativa sobre as vendas do comércio, a produção da indústria, a melhora da infraestrutura e o Brasil levar a taça tão sonhada. O 7 a 1 contra a Alemanha foi o último tiro que matou a esperança; nada do que prevíamos aconteceu. Agora, porém, diante de tantos problemas que pipocaram em apenas um mês e meio, o ânimo está mais cabisbaixo. Olhando o copo meio cheio, pelo menos o tombo pode ser menor.

A agenda econômica promete um respiro nesta semana e, de indicadores relevantes, teremos apenas a Pesquisa de Serviços do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) referente a dezembro (e fechamento de 2014), na sexta-feira. Mas, minha dica é se preocupar essa semana mais com os serviços da praia, do clube, do supermercado, do restaurante e vão descansar um pouco, meninas, porque o ano promete!

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Naiara Beltrão

Naiara Beltrão

Em Suma

close