Use a mágica dos juros compostos a seu favor

Use a mágica dos juros compostos a seu favor

Quando a gente ouve (ou lê) sobre juros, já dá um friozinho na barriga, né? A palavra nos remete a um universo em que só perdemos dinheiro e nossas dívidas aumentam. Ou seja, tratar de juros é um trauma na vida financeira de todas nós.

Mas calma aí! É possível lucrar com juros, sabia? Pois então, existem dois tipos de juros: o simples e o composto. O simples, como o nome diz, é o retorno sobre o dinheiro ao longo de um determinado período, sem muito mistério. Mas o composto tem o potencial enorme de multiplicar o seu dinheiro no médio e longo prazo. Ficou curiosa e quer saber mais? Acompanhe:

O que são juros?
Remuneração cobrada pelo empréstimo de dinheiro. Quando emprestamos ou pegamos emprestado uma quantia de uma instituição, é calculado uma taxa. O mercado trabalha com juros prefixados (valor da taxa é conhecido no momento da aplicação) e pós-fixados (valor da taxa é conhecida no final da aplicação). A taxa é expressa como um percentual sobre o valor emprestado. Para você ter uma referência, a taxa Selic, que nada mais é do que os juros pagos pelo governo para quem empresta dinheiro a ele, está atualmente em 7,5% ao ano.

Qual a diferença entre juros simples e juros compostos?
É muito mais fácil do que pensamos. O simples é uma taxa cobrada do valor inicial. Já o juros compostos é quando cobramos juros acima de juros.

Como os juros compostos ajudam nos seus investimentos?
Com os juros compostos, você ganha não só sobre o valor inicial da sua aplicação, mas também sobre os rendimentos dela. Então vVamos dizer que você fez uma aplicação de R$ 100 todo mês e ela rende juros de 0,5% ao mês. No final de um mês, você vai ter R$ 100,50. Parece pouco? Se você continuar colocando R$ 100 todo mês com disciplina, vai ter R$ 46.535,11 ao final de 20 anos. Gostou da mágica? Então pense em buscar aumentar sua rentabilidade em 0,1 para 0,6%. Em 20 anos, você terá R$ 53.796,49! O poder dos juros compostos está justamente em termos a disciplina de não ficar sacando o investimento antes da hora e deixar o bolo ir crescendo naturalmente!

Como investir com juros compostos?
É só escolher uma aplicação com um bom retorno por mês e não ficar mexendo nela. Deixe os juros compostos fazerem a sua mágica! A ideia é ganhar juros não só sobre o principal do investimento (aqueles R$ 100), mas também sobre o rendimento gerado todo mês. Por isso, pense sempre em investir em longo prazo: os retornos são sempre maiores!

Para investir preciso ter muito dinheiro?
Isso é um dos mitos sobre o cenário de investimentos. Só aplica dinheiro quem for rico… Isso não é verdade! Qualquer uma de nós pode fazer seu dinheiro render, basta ter vontade e conhecer sobre o assunto. Investir em aplicações e contar com os juros compostos é o maior exemplo disso. Se aplicar R$ 500 por mês, em 26 anos você já vai ter o seu primeiro R$ 1 milhão. Pense nisso e comece!

Ficou mais alguma dúvida? Conte com a gente.

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

carolinaruhman

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close