Use a mágica dos juros compostos a seu favor

Use a mágica dos juros compostos a seu favor

Quando a gente ouve (ou lê) sobre juros, já dá um friozinho na barriga, né? A palavra nos remete a um universo em que só perdemos dinheiro e nossas dívidas aumentam. Ou seja, tratar de juros é um trauma na vida financeira de todas nós.

Mas calma aí! É possível lucrar com juros, sabia? Pois então, existem dois tipos de juros: o simples e o composto. O simples, como o nome diz, é o retorno sobre o dinheiro ao longo de um determinado período, sem muito mistério. Mas o composto tem o potencial enorme de multiplicar o seu dinheiro no médio e longo prazo. Ficou curiosa e quer saber mais? Acompanhe:

O que são juros?
Remuneração cobrada pelo empréstimo de dinheiro. Quando emprestamos ou pegamos emprestado uma quantia de uma instituição, é calculado uma taxa. O mercado trabalha com juros prefixados (valor da taxa é conhecido no momento da aplicação) e pós-fixados (valor da taxa é conhecida no final da aplicação). A taxa é expressa como um percentual sobre o valor emprestado. Para você ter uma referência, a taxa Selic, que nada mais é do que os juros pagos pelo governo para quem empresta dinheiro a ele, está atualmente em 7,5% ao ano.

Qual a diferença entre juros simples e juros compostos?
É muito mais fácil do que pensamos. O simples é uma taxa cobrada do valor inicial. Já o juros compostos é quando cobramos juros acima de juros.

Como os juros compostos ajudam nos seus investimentos?
Com os juros compostos, você ganha não só sobre o valor inicial da sua aplicação, mas também sobre os rendimentos dela. Então vVamos dizer que você fez uma aplicação de R$ 100 todo mês e ela rende juros de 0,5% ao mês. No final de um mês, você vai ter R$ 100,50. Parece pouco? Se você continuar colocando R$ 100 todo mês com disciplina, vai ter R$ 46.535,11 ao final de 20 anos. Gostou da mágica? Então pense em buscar aumentar sua rentabilidade em 0,1 para 0,6%. Em 20 anos, você terá R$ 53.796,49! O poder dos juros compostos está justamente em termos a disciplina de não ficar sacando o investimento antes da hora e deixar o bolo ir crescendo naturalmente!

Como investir com juros compostos?
É só escolher uma aplicação com um bom retorno por mês e não ficar mexendo nela. Deixe os juros compostos fazerem a sua mágica! A ideia é ganhar juros não só sobre o principal do investimento (aqueles R$ 100), mas também sobre o rendimento gerado todo mês. Por isso, pense sempre em investir em longo prazo: os retornos são sempre maiores!

Para investir preciso ter muito dinheiro?
Isso é um dos mitos sobre o cenário de investimentos. Só aplica dinheiro quem for rico… Isso não é verdade! Qualquer uma de nós pode fazer seu dinheiro render, basta ter vontade e conhecer sobre o assunto. Investir em aplicações e contar com os juros compostos é o maior exemplo disso. Se aplicar R$ 500 por mês, em 26 anos você já vai ter o seu primeiro R$ 1 milhão. Pense nisso e comece!

Ficou mais alguma dúvida? Conte com a gente.

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

carolinaruhman

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close