Vale a pena ter mais de uma conta bancária?

Vale a pena ter mais de uma conta bancária?

É aconselhável ter mais de uma conta no banco? Embora possa parecer que não há problema nisso, ter muitas contas pode agravar o descontrole financeiro.

Você já tem conta em um banco, mas vive recebendo ligações de outras instituições bancárias oferecendo inúmeras “vantagens”, fácil acesso ao crédito, tarifas baixas, etc. Mas será que é saudável ter mais de uma conta no mesmo banco ou contas em bancos diferentes?

Você também pode gostar:
Você conhece todas as tarifas que paga com cartão de crédito?
Direitos do consumidor: Quais serviços os bancos realmente podem cobrar?
Em tempos de crise, bancos dificultam acesso ao crédito

Às vezes, ter mais de uma conta não é uma opção, mas algo imposto, como é o caso da conta salário. Com esse tipo de conta, a cliente pode ter alguns benefícios que talvez não tivesse antes, como crédito consignado. Outra situação comum é as pessoas terem, em um mesmo banco, duas contas, como conta corrente e poupança. Nesse caso, a existência de mais de uma conta é algo positivo, pois é sinal de que a cliente está conseguindo poupar – ou pelo menos está tentando fazer isso.

Quando a cliente precisa de finalidades específicas, como financiamento de imóveis ou aplicações financeiras, vale a pena pesquisar em diferentes instituições para conhecer os benefícios e os melhores serviços de cada uma. Nesse contexto, desde que a pessoa tenha um bom planejamento e saiba administrar seus recursos, a existência de contas em bancos diferentes poderá ser bem-vinda e não causar transtornos.

Mas se você está endividada e quer abrir conta em mais de um banco, corre o risco de se envolver em dificuldades financeiras ainda maiores.

Continue a ler a matéria na próxima página!

Os bancos estão restringindo o crédito, o que faz as pessoas procurarem mais de uma instituição. “Quando as pessoas estão ‘estranguladas’, abrem conta em bancos diferentes para tentar ampliar o campo de crédito”, explicou Múcio Zacharias, economista  e professor da IBE-FGV e diretor do Economies Consultoria Empresarial, acrescentando que falta noção de planejamento para essas pessoas.

conta_bancaria

“Abrir conta em outros bancos é uma armadilha. Ter mais de uma conta é motivo de descontrole. Quanto mais crédito, mais a pessoa se afunda”, alertou ele, apontando o crédito rotativo como um dos maiores perigos. Segundo o Banco Central, em fevereiro, a taxa de juros do rotativo do cartão de crédito subiu para 447,5% ao ano. É preciso ter cautela também com o uso do cheque especial, pois os juros da modalidade subiram em fevereiro para uma taxa média de 293,9% ao ano, o maior nível desde 1994.

Ao abrir conta em mais de um banco, é preciso levar em conta que será necessário arcar com a cobrança de mais tarifas e mais anuidades de cartões, por exemplo. Então, quem abre conta em um banco para pagar dívidas com outra instituição, corre o risco de ter perdas e gerar ainda mais descontrole.

Continue a ler a matéria na próxima página!

A maioria dos consumidores não sabe o quanto deve. Segundo pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), seis em cada dez consumidores não sabem o quanto estão devendo.

O acúmulo de dívidas leva a um cenário bem mais crítico e que pode precisar de intermédio judicial. “Vai ficando cada vez mais complicado, até as dívidas superarem a renda familiar, aí a pessoa quebra e tem que procurar a justiça”, afirmou Zacharias.

Então, antes de abrir mais uma conta, analise suas necessidades e seu perfil. Avalie se sabe planejar seus gastos e controlar suas finanças. Se não for este o seu caso, abrir outras contas provavelmente não é uma boa opção.

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close