Veja o que avaliar antes de comprar um carro usado

Veja o que avaliar antes de comprar um carro usado

Ter um carro pode facilitar bastante a vida, mas também significa um aumento considerável nas despesas! Afinal, além do combustível, é preciso estar preparada para as manutenções periódicas no veículo. E se a grana ainda estiver curta para levar um carro novo para casa, a saída é procurar um usado em boas condições.

A grande questão é justamente saber avaliar os aspectos que determinam se o carro está realmente bem conservado ou se esconde avarias significativas. Sem essa avaliação você corre o risco de fazer um péssimo negócio, pois pode acabar gastando muito mais para colocar o carro em ordem do que se tivesse investido em um veículo novo.

Antes de mais nada, o ideal é que você faça a avaliação do carro acompanhada de um mecânico de sua confiança. Alguns detalhes, sobre os quais vamos falar neste post, podem ser avaliados por você mesma, mas existem aspectos técnicos que serão notados com mais facilidade por quem é especialista no assunto.

Motor

Comece a avaliação pelo motor porque este certamente é o componente mais importante do carro. Um motor em más condições gera gastos altos para reparo, o que poderia tornar a compra inviável. O primeiro ponto que indica as condições do motor é o aspecto da fumaça que está saindo do escapamento. Ligue o carro e acelere o motor, se a fumaça estiver saindo branca, azulada ou viscosa é sinal de que o motor está queimando óleo e precisa de manutenção.

Não se esqueça de conferir o óleo, se estiver abaixo do nível ou muito escuro, é sinal de falta de cuidado com a manutenção do carro, o que certamente compromete seu estado de conservação.

como checar as condições de um carro usado

Indícios de batida

É comum alguns revendedores tentarem ocultar avarias na parte externa do carro, depois de fazerem uma reforma no veículo. Mas alguns aspectos podem entregar se isso aconteceu ou não. Avalie os vidros do carro. As montadoras seguem a norma de inserir o número do chassi do veículo diretamente no vidro. Em caso de batida e substituição das janelas, provavelmente esse número de chassi não estará lá.

Verifique os vãos das portas, capô, porta-malas e analise com cuidado se a distância é a mesma entre os espaços. Se houver alguma desproporção muito grande, isso pode indicar que houve substituição da peça em função de uma batida ou mesmo um conserto mal feito. Olhe bem de perto a lataria para ver se existem partes amassadas.

Peça ao seu mecânico para abrir o capô e avaliar se houve troca de peças na parte dianteira, pois isso pode indicar que o veículo já foi envolvido em uma batida de frente.

Desgaste do veículo

O hodômetro nem sempre vai lhe dar uma informação verdadeira sobre a quilometragem do veículo, eles podem ser facilmente alterados, principalmente quando o vendedor quer te convencer que o carro foi pouco usado!

Para conferir a quilometragem do veículo, uma boa dica é checar com calma o manual de instruções. Nele constam carimbos com as datas das últimas revisões periódicas. É uma forma de conferir também se a última dona (o) do veículo era cuidadosa.

Cheque também os pedais de freio e embreagem. Pedais gastos indicam desgaste do carro. Se a embreagem estiver muito dura também é sinal que precisa de reparos.

Por fim, leve o carro na oficina do seu mecânico de confiança para avaliar a parte inferior do veículo. Desalinhamento ou defeitos na suspensão podem ser indicados por desgastes irregulares entre os pneus.

Lembre-se sempre, na hora de te oferecer o carro, o vendedor vai mostrar uma bela embalagem. O veículo certamente estará limpinho, encerado e você ficará louca para sair da concessionária já dirigindo. Mas quanto mais cautela, melhor. Como você pode perceber, os detalhes que interessam nem sempre serão facilmente notados!

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close