Viajar sozinha: 4 coisas que aprendemos sobre independência financeira

Viajar sozinha: 4 coisas que aprendemos sobre independência financeira

*Nathalia Marques

Viajar sozinha pelo mundo é uma experiência reveladora para nós, mulheres. É por estas estradas que aprendemos como somos privilegiadas por ter a oportunidade que nossas antepassadas, infelizmente, não tiveram e que algumas mulheres, ainda hoje, não possuem por conta da desigualdade social.

É viajando que também percebemos o quanto ainda precisamos lutar por um mundo onde nossa liberdade não esteja sempre à espreita do medo em relação a nossa segurança. Viajando sozinhas aprendemos muito sobre nós mesmas, sobre liberdade e sobre nossa independência financeira.

Neste artigo, cito algumas coisas que podemos aprender sobre independência financeira. Acredito que para quem está pensando em viajar sozinha, pela primeira vez, essas observações serão importantes para o autoconhecimento.

1. Se você é desorganizada: vai aprender sobre organização

Viajar sozinha sem o mínimo de organização é algo um pouco arriscado. Eu, sinceramente, não consigo. Por isso, organizo a quantidade de dinheiro que tenho para levar, o quanto vou gastar com hospedagem, com alimentação, transporte e extras. Para se ter uma ideia, eu calculo até o quanto posso gastar por dia, para que não falte nada.

Lição: você aprende que organizar seus gastos oferece muito mais conforto e menos dor de cabeça. E isso é uma lição não só para viagens, mas também para toda sua vida financeira.

viajar-sozinha-independencia-financeira

2. Se você não tem controle de despesas: vai aprender a ter

Em uma viagem, cada centavo é muito importante para que tudo saia conforme o planejado. Assim, se você é uma pessoa que costuma olhar aquela linda blusinha na promoção e logo pensar: “É minha”, você terá que se controlar – pois caso contrário poderá passar vários perrengues por falta de grana.

Lição: você aprende a priorizar coisas mais importantes, por exemplo, sua alimentação, e percebe que o consumo desenfreado nem sempre pode trazer tanta felicidade assim.

3. Se você ainda mora com seus pais: vai aprender que liberdade exige responsabilidade

Quem ainda mora na casa dos pais terá o sabor da doce e encantadora liberdade. Mas, ela não vem sozinha e, sim, acompanhada da responsabilidade. Viajando sozinha você percebe o quanto é necessário ser consciente para gastar um orçamento destinado à sua sobrevivência, ainda mais se estiver em outro país, pois ali é você por você mesma.

Lição: você aprende que nada é mais gratificante do que ter domínio sobre tudo na sua vida.

4. Se você não sabe sobre seus privilégios: vai entender mais sobre isso

Viajar é privilégio e não há como contestar isso. Mesmo quem viaja fazendo couchsurfing ou trocando trabalho por hospedagem, possui privilégios e um deles é a liberdade de usar seu tempo para fazer o que realmente quer. Nem todas as pessoas possuem condições financeiras para viajar, mesmo que seja para ir na cidade vizinha; nem todas as pessoas podem largar tudo e fazer um mochilão, pois possuem outras responsabilidades que as impedem de fazer isso.

Lição: viajando você percebe o quanto é privilegiada por ter condições financeiras e tempo livre para conhecer outros lugares. Talvez você até se dê conta do quanto é injusto que outras pessoas não tenham a oportunidade de fazer isso pelo menos uma vez na vida.

*Nathalia Marques é jornalista de formação e conta passagens por diversos veículos de imprensa, mas foi como repórter de turismo que encontrou sua paixão. Ela também é feminista e em 2015 decidiu juntar jornalismo, viagem e empoderamento feminino para criar o M pelo Mundo, site de informações e dicas de viagem para mulheres.

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Financas Femininas

Finanças Femininas

Sua independência financeira depende de você, com uma ajudinha nossa.

close