Viajar sozinha pode ser ótimo para seu desenvolvimento profissional

Viajar sozinha pode ser ótimo para seu desenvolvimento profissional

*Martha Perressim, da ImpulsoBeta

Há dois anos, depois de muito tempo estudando um novo idioma, programei férias do meu trabalho para fazer um intercâmbio de um mês na Alemanha. Como não é nada fácil encontrar alguém que tenha este mesmo interesse e disponibilidade, não tive dúvida em seguir para este novo desafio sozinha (mas não solitária!).

O que era para ser apenas um intercâmbio se tornou a melhor experiência pessoal e profissional da minha vida. Esta jornada solo me colocou em situações completamente novas que me mostraram quantas habilidades importantes no ambiente corporativo podiam ser lapidadas nesse momento.

Viajar sozinha te empodera quando você nota que está fora da sua zona de conforto. Aquele frio na barriga, típico do seu primeiro dia no novo trabalho ou naquele curso de pós-graduação, estará lá também. E veja só, você colocará todos os seus medos e receios de lado e concentrará sua energia para fazer o melhor desta nova oportunidade. Não tenho dúvidas que desenvolver este jogo de cintura será muito útil para os acontecimentos inesperados no seu dia-a-dia na empresa: estar em situações em que eu tinha pouquíssimo controle me tornou muito mais confiante e isso refletiu em como encarei muitos dos desafios profissionais que vieram tempos depois.

Pelo simples fato de estar sozinha você estará aberta a ouvir mais atentamente as pessoas. Quantas vezes não estamos tão atarefadas e preocupadas com nossas atividades que não dedicamos tempo algum para repararmos nas pessoas à nossa volta? Em uma destas andanças, passei a conversar com outra viajante solo e nos surpreendermos por ambas serem engenheiras mecânicas (papo para outra coluna!). O contato pessoal passou a ser também profissional! Essa aproximação espontânea e sem pretensão alguma nos ajuda a exercitar a capacidade de nos conectarmos melhor também com as outras pessoas do nosso trabalho. Hoje é sabido que não só devemos ser tecnicamente boas (aplicando todo o conhecimento específico que aprenderemos durante a faculdade) como também devemos desenvolver nossos soft-skills – ou seja, nossas habilidades interpessoais, tais como nossa capacidade de sermos assertivas, falarmos com êxito em público, termos atitude positiva e sermos persuasivas.

viajar-sozinha-sucesso

Continue a ler a matéria na próxima página!

Garanto a você que aquelas situações inesperadas que acontecem em qualquer viagem irão desenvolver sua resiliência: você manterá seu foco na solução e não no problema, buscando resolvê-lo da melhor maneira possível. A capacidade de entender, analisar criticamente qualquer fato e propor uma alternativa a ele é uma competência muito desejada pelos empregadores.

Você certamente um dia estará envolvida em algum projeto, seja como parte da equipe de apoio ou como líder do mesmo. Esta experiência me permitiu ser completamente responsável pelo planejamento de tudo que eu faria: quais eram os cursos disponíveis, suas vantagens e desvantagens, além do valor envolvido para o estudo e acomodação. Este “projeto” tinha suas limitações de prazo para tomada de decisão e naturalmente, restrições de custo. Cuidei de cada detalhe com o mesmo cuidado que fazia cada uma das atividades do meu trabalho e com o mesmo duro critério do horário comercial!

Espero que você se inspire em experimentar desenvolver novas competências desta maneira tão inesperada, já que nunca encontrei uma maneira tão lúdica de exercitar isso quanto quando viajo sozinha!

E você, já teve alguma oportunidade assim e gostaria de compartilhar conosco? Deixe aqui seu comentário para trocarmos ainda mais experiências!

*Martha Romanelli Perressim é uma das mulheres que vêm cada vez mais aumentando a presença feminina na engenharia. Ciente de que faltam exemplos de mulheres líderes nesta área, sonha em incentivar as garotas a se interessarem por ciências exatas e a progredirem no âmbito profissional.

Gostou do nosso conteúdo? Então clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

Dúvidas enviadas através desse formulário não serão respondidas individualmente por e-mail.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Impulso Beta

Impulso Beta

Mulheres que inspiram

close