3 atitudes para lidar com a falta de sono, apesar da rotina corrida

3 atitudes para lidar com a falta de sono, apesar da rotina corrida

Você é do tipo de pessoa que reserva uma parte do dia para dormir ou só deita na cama depois de terminadas as obrigações? Se você sofre com a falta de sono, precisa ter consciência de que os efeitos para a sua saúde, vida pessoal e profissional podem ser devastadores.

Isso porque, ao contrário do que muita gente pensa, dormir menos não é sinônimo de aproveitar mais o dia. Na realidade, essa privação afeta o corpo como um todo, incluindo o sistema nervoso, cardiovascular e digestivo. Os efeitos são tão intensos que o Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos Estados Unidos, considera a falta de sono um problema de saúde pública.

Se você tem dificuldade para dormir bem e percebe que isso afeta diversas áreas da sua vida, confira as dicas do DailyWorth para descansar de maneira adequada.

1) Crie o ambiente adequado

O ambiente tem um efeito primordial sobre a qualidade do sono. Por isso, tente transformar o seu quarto em um espaço realmente aconchegante. Garanta que ele seja escuro, fresco e silencioso. Na hora de dormir, deixe de lado as distrações, como músicas, sons, luz da TV e computador. Esses estímulos podem prejudicar o seu relaxamento. Segundo a especialista Sarah Brown, um bom colchão também pode fazer toda a diferença.

2) “Agende” sua hora de dormir

Tente criar uma rotina regular de sono, tratando as horas reservadas para o seu descanso como sagradas. Assim, planeje esse momento como planeja qualquer outro compromisso do seu dia: considerando o horário de início e término da atividade.

Resistir à tentação de deixar o sono em segundo plano na hora que estiver envolvida com um seriado ou atividade doméstica é essencial. Esse compromisso irá ajudá-la a certificar-se de que está dormindo o suficiente e, com certeza, trará benefícios à sua disposição e produtividade.

3) Procure ajuda profissional

Se esse ajustes de ambiente e horário não forem o suficientes para regular a sua atividade de sono, pode ser interessante procurar um profissional para ajudá-la a identificar as causas do desequilíbrio. Não hesite em tomar essa atitude: seu corpo irá agradecê-la mais tarde e os frutos serão claros.

 

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Mariana Ribeiro

Jornalista com sotaque e alma do interior. Longe das finanças, passa o tempo atrás de música brasileira, rolês baratos e ônibus vazios. Acredita que o mundo seria outro se as pessoas tentassem se ver.
Fale comigo! :) mariana@financasfemininas.com.br

close