3 passos para transformar seu projeto pessoal em atividade principal

3 passos para transformar seu projeto pessoal em atividade principal

Você tem um emprego formal, que lhe garante sua renda ao fim de cada mês e um certo status. Mas de uns tempos para cá aquele outro projeto pessoal que você sempre sonhou em fazer foi tirado da gaveta e tem consumido uma boa parcela do seu tempo e criatividade. Você gosta da ideia, acredita nela e tem se empenhado para fazer com que ela cresça, mas todo seu esforço chega a um limite, afinal, ainda não temos dias que durem 48 horas!

Se esta situação lhe parece familiar, é sabido que em algum momento uma decisão precisará ser tomada. Afinal, é impossível viver desta maneira por muito tempo. Em algum ponto, você precisará escolher entre dedicar-se totalmente ao emprego ou ficar por conta do seu projeto, visando o crescimento.

Você também pode gostar:
O que é preciso para ganhar dinheiro como freelancer?
Como ganhar dinheiro com site ou blog?
Quatro sites para ganhar dinheiro trabalhando em casa

Sobre este assunto, o pessoal da Levo League conversou com a escritora Jessica Knoll, autora do livro Luckiest Girl Alive, título que inclusive chamou a atenção da atriz Reese Whiterspoon, que agora trabalha para transforma-lo em um filme. O livro foi escrito enquanto a autora ainda trabalhava como editora sênior da revista Cosmopolitan. Ela contou ao site como foi feita a transição na carreira e as lições podem ser muito úteis para quem está passando por um dilema na carreira.

Sentir o potencial do seu projeto

À Levo League, a escritora relatou acreditar que é melhor medir se você está fazendo algo tangível ou não quando tem uma vida ocupada do que quando tem todo tempo livre do mundo. Quando você tem apenas algumas horas do dia para dedicar-se ao seu projeto, é mais fácil manter o foco no que deve ser prioridade do que se você tivesse todo tempo do mundo.

Ao passo que você mantém sua rotina no trabalho, ao longo do tempo é possível ver como seu projeto pessoal está evoluindo. Isso te dá algum tempo para ver sua ideia ganhando corpo e a partir daí avaliar o verdadeiro potencial dela.

trabalho-projeto-pessoal

Seu projeto tem mais potencial para lhe dar retorno que o seu emprego

A escritora conta que à medida que o livro foi evoluindo, as pessoas a questionavam se ela deixaria o emprego para dedicar-se em tempo integral à obra. Ela demorou um tempo para fazer isso, ainda precisava digerir a ideia de ser escritora em tempo integral, ainda mais tendo em vista que também gostava do emprego na revista.

No entanto, quando ela e a editora começaram a enviar cópias do título para grandes nomes da mídia, ela viu que poderia acontecer um conflito de interesses se o nome dela permanecesse vinculado à revista. Foi neste momento que ela percebeu que a melhor decisão seria deixar o emprego, tendo em vista que o livro poderia lhe trazer melhores resultados.

Você está preparada financeiramente para pedir demissão

É hora de finalmente mergulhar de cabeça totalmente em seu projeto? Então faça isso de maneira estratégica. Por mais que você acredite no potencial de sua ideia e mesmo se estiver já com tudo que precisa encaminhado, é preciso estar preparada para imprevistos, portanto, é importante que você tenha uma reserva de emergência bem consolidada antes de pedir demissão.

Além do preparo financeiro, cuide de sua saída de forma a lhe criar oportunidades. A escritora conta que avisou da saída da revista com dois meses de antecedência, se dispôs a permanecer pelo tempo que fosse preciso até que uma pessoa para substituí-la fosse encontrada e devidamente preparada. A empresa que você deixa hoje pode ser sua aliada futuramente, em novos projetos. Preserve o networking que foi criado pelo tempo que você permaneceu na casa. Como a escritora bem destaca, você fecha uma porta ao encerrar este ciclo, mas não necessariamente precisa tranca-la.

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close