4 fantasias que as mulheres já não aguentam mais (e como trocá-las)

4 fantasias que as mulheres já não aguentam mais (e como trocá-las)

O Carnaval chegou e tem gente que passou meses procurando por fantasias diferentes e criativas para cair na folia. Em pesquisa rápida no Google pelos termos ‘Fantasias femininas de Carnaval’, vemos inúmeras opções para quem busca por referências. Porém, o que quase todas elas têm em comum é a sexualização da proposta, ao mostrar a mulher de forma erotizada.

Porém, a realidade não condiz com os resultados entregues pelo mecanismo de busca – que reflete aquilo que o público considera mais relevante. Em geral, buscamos por opções de fantasias que não fazem objetificações – esse é um problema, por exemplo, não enfrentado por homens que buscam fantasias, já que as referências masculinas raramente surgem com objetificação. Afinal, por que nas fantasias de Carnaval é esperado que os homens se vistam de forma engraçada e as mulheres sejam sensuais?

“Com algumas ideias simples, mas que passam um recado, tentamos dar um pouco mais de sentido para algumas fantasias. Como é o caso da Mulher Maravilha. Optamos por não fazer a roupa tradicional e escolhemos como opção principal um cropped com os dizeres fight like a girl. Estamos tão acostumadas a ouvir que lutar como uma menina é ser frágil, fraca e uma péssima oponente. Mas sabemos, como mulheres, que nossa luta é diária e lutar como uma garota é extremamente poderoso”, comenta Tamara Mendonça, que cria acessórios e adereços de carnaval em parceria com a loja Zás, em Belo Horizonte.

“Sempre fiz questão de, durante as vendas, trabalhar muito a questão da aceitação, de não ter medo de deixar o corpo livre e de que os corpos são lindos independente do padrão. A minha experiência em loja e no contato direto com as clientes me mostrou o quanto somos cruéis com nós mesmas, e isso é algo com o qual eu sempre luto, tanto comigo mesma, quanto com elas. Precisamos olhar com mais carinho para gente e para as outras. Isso ajuda, mesmo que um pouco, a tirar a força dessa indústria com um padrão tão cruel”, acrescenta.

Para te ajudar a escolher fantasias criativas e que mude a sua visão do próprio corpo, procuramos 4 opções de fantasias “sexualizadas” em uma roupagem diferente, que valoriza a criatividade e dizem mais a respeito de sua personalidade. Confira:

1 – Fantasia de noivinha

É comum ver mulheres – e homens também – vestidas de noiva nos bloquinhos de rua. Pode ser por causa de uma despedida de solteira ou uma brincadeira interna do grupo de amigas. Porém, em alguns casos, mulheres recorrem a essa fantasias para evitarem assédio durante a folia.

Que tal trocar o vestido branco com liga na perna por uma fantasia super purpurinada, com muito estilo e fácil de fazer, como essa aqui:

mulher-fantasia

2 – Fantasias em grupo

Nada de se fantasiarem de policiais ou de donas de casa! Abuse da criatividade e convide as amigas para criarem juntas. Já imaginou se vestir de frutas? Foi isso que essas meninas fizeram, ao estilizarem esses camisetões.

grupo-meninas

Ou as meninas de Belo Horizonte que se uniram para criar o grupo das super-heroínas.

grupo-carnaval

3 – Super-heroínas

Falando nelas, ao pesquisar no Google, encontramos várias opções de roupas bem justas e curtas. Não há problema usar esse tipo de vestimenta, mas se você quiser outras opções, vale a pena dar uma olhada nessa referência:

carnaval-fantasia

4 – Coelhinha

Nas lojas de fantasia, ao procurar pelo tema de coelho, o que mais vemos são bodies sensuais. É possível se fantasiar de coelhinha abusando da criatividade, como fez Julia Bleck, do blog Bunny Baubles (clique aqui para ver o passo a passo).

coelhinha-carnaval

Fotos:  Babi Profeta/Divulgação/Favim/Bunny Baubles

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Gabriella Bertoni

Gabriella Bertoni

Repórter, produz matérias para o Finanças Femininas. Apaixonada por livros e por contar histórias, é recém-chegada em São Paulo e ainda está completamente perdida, mas adorando a cidade.
Fale comigo! :) gabriella@financasfemininas.com.br

close