52% dos empreendedores são mulheres

52% dos empreendedores são mulheres

A vontade de abrir o negócio próprio é o objetivo profissional de muita gente. No Brasil inteiro a cada nova empresa aberta, mais da metade (52%) são lideradas por mulheres, segundo dados da Global Entrepreneurship Monitor. E fica a pergunta: de onde vem essa força toda que revoluciona o mercado de trabalho brasileiro?

No dia 23 de abril aconteceu no prédio da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) uma reunião extraordinária do Comitê de Jovens Empreendedores (CJE) da instituição, para debater o empreendedorismo feminino. O palco estava composto por quatro nomes de peso: Carolina Ruhman Sandler, jornalista empreendedora e fundadora do Finanças Femininas, Cristiana Arcangeli, empresária do mercado de cosméticos e beleza, Lala Rudge, blogueira e diretora criativa de uma marca de lingerie e homewear e Sônia Hess, presidente da Dudalina.

Todas elas deram dicas incríveis para mulheres que querem abrir seu próprio negócio. Pesquisas mostram que essa vontade vem crescendo nelas. “A taxa de empreendedorismo entre as mulheres subiu de 39%, em 2002, para cerca de 65% em 2012. Isso significa que menos mulheres têm aberto um negócio por necessidade e que aumentou a motivação por empreendedorismo”, explicou Sylvio Gomide, diretor titular do CJE da Fiesp.

E outro ponto interessante: empreendimentos criados pelas mulheres sobrevivem por mais tempo. Se você tem essa vontade de abrir negócio próprio, por que não fazer isso? Claro que o Finanças Femininas estava lá ontem e reuniu as principais dicas para você ser uma empreendedora de sucesso. Veja:

Delicadeza da mulher
Apesar de estarmos pleiteando vagas de destaque em grandes empresas do Brasil inteiro, temos um diferencial: o cuidado. “Cada vez mais mulheres estarão ocupando cargos de destaque no Brasil. Não vejo dificuldades nesse caminho. Vai ser natural e rápido”, disse Carolina Ruhman Sandler, fundadora do Finanças Femininas. As características femininas de ter mais paciência e ter uma visão de mais longo prazo são positivas tanto na hora de investir o seu dinheiro, quanto na hora de empreender. “Elas estão estudando, em média, um ano e meio a mais do que os homens. Isso vai refletir também nos empregos futuramente”, completa Carolina.

Produto Inovador
Por mais que seja fácil copiar, mesmo que de um jeito diferente, será complicado conseguir destaque no mercado com a concorrência. “A gente precisa persistir, porque nem sempre é fácil. O produto que vai lançar precisa ser novo. Tem tanta ideia boa, é só identificar as oportunidades!”, indicou Cristiana Arcangeli. Pense que dessa forma terá pouca competição e o caminho levemente fácil. Então, já sabe? Busque coisas novas!

Confiança no trabalho
Em alguns casos o sucesso vem de onde menos esperamos. Prova disso é o blog da Lala Rudge. Aos 20 anos, a estudante de direito montou um blog de moda. Tries anos depois, o sucesso foi tão grande que está entre os tops de acesso. O negócio deu tão certo que a blogueira criou uma marca de lingerie e está se saindo super bem nesse mercado. “Por mais que fuja, trabalhar no que gosta é muito melhor. Acredito que se fizermos o que gostamos acreditando no produto, vai dar certo!”, diz Lala.

Dedicação na carreira
Para seu negócio dar certo só tem uma coisa a fazer: trabalhar, trabalhar e trabalhar! Não tem essa de conciliar três coisas ao mesmo tempo e achar que tudo vai sair bem. Lembre-se que deve fazer uma coisa por vez. A partir de um planejamento adequado existem grandes chances de dar certo. “Se dedique 100%. Não se pode fazer as coisas mais ou menos”, afirmou Sônia Hess de Souza, presidente da DudalinaArregace as mangas, fique em disposição o tempo que for preciso e siga rumo ao sucesso.

Ficou com vontade de saber mais? Veja o vídeo de ontem:

Participe do Finanças Femininas e compartilhe sua história com a gente.

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

Carol Sandler

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close