7 brigas por dinheiro que surgem na preparação do casamento

7 brigas por dinheiro que surgem na preparação do casamento

*Casar é um barato

Dinheiro é algo que sempre desperta sentimentos tensos. Os casais que planejam fazer cerimônia e festa de casamento já começam a lidar com questões importantes sobre dinheiro antes mesmo de oficializar a união.

Por isso, é preciso ter muito jogo de cintura e harmonia para que o dinheiro não se torne motivo de brigas. Manter o foco no sonho e no amor é uma ótima maneira de não cair nessa cilada que é brigar por dinheiro. No entanto, como não é nada fácil manter a calma em um período tão intenso, é bom já se adiantar e saber de onde podem vir as brigas e os problemas.

Você também pode gostar:
5 dicas para juntar dinheiro para o casamento
7 dicas financeiras para recém-casadas
Trocar a festa de casamento por uma viagem não vale a pena

1. Os orçamentos podem assustar

A gente imagina que vocês nunca tenham preparado e organizado um casamento antes, né? Pois bem, os orçamentos são um dos primeiros problemas. O susto é certo, prepare-se, pois isso pode desestabilizar vocês dois. Bate um desespero, uma sensação de que nunca vão conseguir realizar o sonho de se casar. Mantenham a calma, respirem fundo, pesquisem bem, corram atrás de projetos DIY bacanas e não caiam na cilada de brigar em função dos preços altos.

Aproveite e baixe nossa planilha para organizar o seu casamento!

2. Decidir a responsabilidade de cada despesa

Se um dos dois está com condições financeiras estáveis e o outro está tendo dificuldades em juntar dinheiro, isso pode causar conflitos. É preciso pensar e conversar bastante. Se o sonho for maior do que este desencontro, combinem a divisão dos gastos de acordo com o que cada um ganha, em vez de dividirem igualmente. Algumas vezes os parentes ajudam a pagar as despesas do casamento, e isso é ótimo. No entanto, não briguem caso um dos lados colabore com mais dinheiro do que o outro. As condições financeiras são diferentes, cada caso é um caso, e essa fase é um ótimo treino para a vida de casados.

3. Quais são as prioridades do casamento

Você, noiva, acha imprescindível ter lembrancinhas de presente para as madrinhas. Já você, noivo, acha lembrancinhas uma bobeira, mas queria que tivesse uma banda tocando ao vivo. Escolham um momento e sentem para conversar sobre esses assuntos. Peçam orçamentos de tudo e depois coloquem na balança o que daria para contratar e o que precisaria ser cortado. Este é o momento para que vocês decidam o que cada um pode abrir mão. Com bastante conversa e compreensão, fica mais fácil ter um casamento perfeito para os dois.

planejamento_casamento

Continue a ler a matéria na próxima página!

4. Um tem mais convidados que o outro

Você se engana em pensar que esse problema não tem a ver com dinheiro. Quanto maior o número de convidados, maior é o orçamento para tudo. Por isso, a solução que propomos é dividir a lista em dois, igualmente. Assim, cada um precisa se adequar a uma quantidade certa, sem que nenhum dos dois saia perdendo. Se, ao final, ainda sobrar convites, entreguem para quem precisar. É melhor agir dessa forma e evitar brigas.

5. Ter dinheiro suficiente para começar uma vida juntos

Com todos os gastos do casamento, pode ser que vocês acabem não conseguindo juntar uma grana significativa para iniciar a vida juntos, mas é importante ter pelo menos uma reserva. Se compraram um apartamento, provavelmente vão precisar de dinheiro para gastos com acabamento. Além disso, vocês precisarão ter segurança para manter as contas básicas pagas e entender aos poucos o quanto gastarão, em média, para bancarem o novo lar. É importante lembrar que esses gastos são prioritários e não podem ser deixados de lado. Coloquem o pé no chão e mantenham-se seguros.

6. O que é mais importante: a lua de mel ou o casamento?

Essa é uma desavença bem comum, muitas vezes um dos dois acha mais legal gastar o dinheiro na lua de mel para curtirem os primeiros momentos de casados. Mas o outro pode achar que a festa de casamento merece toda a atenção porque será inesquecível, que viagens podem esperar. Se isso for uma questão entre vocês dois, tentem equilibrar os gastos de maneira que ninguém fique em desvantagem. Cedendo um pouquinho em algumas coisas, dá para satisfazer os dois.

7. Comparar seus gastos com os de outros casais

Isso é uma grande furada. Sabe aquela amiga que disse que casou por menos de dez mil reais? Pois é, ela foi uma sortuda e deve ter tido muita ajuda. Esse pode não ser o cenário de vocês dois. Talvez vocês estejam sozinhos nessa empreitada, juntando cada centavo, então não dá para comparar o que vocês vivem com a realidade de outros casais. Vocês podem até se inspirar em outras histórias, tentar pegar dicas de como economizar, mas cada casamento é único e isso deve estar sempre em mente.

A maioria dos casais costuma ter brigas sobre dinheiro, mas não deixe que isso enfraqueça a união de vocês dois antes mesmo do casamento. Conversem com calma e não deixem que as questões sobre dinheiro estraguem seus sonhos. Trabalhar em conjunto e tomar decisões em harmonia vai ajudar ainda mais a firmar esse compromisso.

Fotos: Shutterstock

*O amor pode não ter preço, mas comemoração da união de duas pessoas pode ser muito cara. A equipe do Casar é um Barato traz dicas e inspirações para que a vida a dois não comece no vermelho!

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Casar e um barato

Casar é um barato

Casar é um barato

close