7 conselhos de avó que também fazem bem para o bolso

7 conselhos de avó que também fazem bem para o bolso

Quem teve o prazer de conviver com a avó, provavelmente, ouviu dela algumas pérolas de sabedoria. O que você não imaginava é que os conselhos de avó também fazem bem para o bolso. Em comemoração ao Dia dos Avós, reunimos sete clássicos das amadas avós para você levar por toda sua vida… financeira.

1. “Leva um casaquinho”

Se existisse um pódio dos conselhos de avó, este, definitivamente, estaria lá. Às vezes, o céu está limpo e não há previsão alguma de frio, mas é melhor se resguardar, não é mesmo? Este é o segredo: precaução. Estar preparada para o que der e vier é fundamental – e, na vida financeira, isso significa ter uma boa reserva de emergência. O ideal é que se guarde o equivalente a seis meses da renda líquida.

2. “De grão em grão, a galinha enche o papo”

Aos poucos, é possível chegar longe. Com esses dizeres, sua avó quis cultivar em você paciência e perseverança, tão necessárias para ter uma vida financeira equilibrada. É de pouco em pouco que se consegue construir um patrimônio sólido – e não ganhando na loteria, como muitos pensam. Poupar um pouco todo mês lhe ajudará a conquistar desde sonhos de curto prazo – como uma viagem – até os mais longos, como a compra da casa própria.

conselho-de-vo-dia-da-avo

3. “Passarinho que acorda cedo bebe água mais fresca”

Quando sua avó lhe dizia isso, ela queria que você fosse uma guerreira. Isso não quer dizer que você deve, necessariamente, pular da cama às 5h da manhã, mas, sim, que é importante lutar por um presente e futuro melhores. Aplique este conselho à sua vida profissional e você irá longe!

Leitura complementar

Cardápio da Semana

Cardápio da Semana

Ver mais

4. “Limpe o prato, filhinha!”

Ok, sua avó dizia isso para incentivá-la a crescer forte e saudável, não exatamente para economizar. Porém, se aplicarmos este conselho ao seu cotidiano de adulta, veremos que essa é uma grande lição contra o desperdício. Já parou para pensar em quanto dinheiro você já perdeu ao jogar comida fora? O ideal é planejar o cardápio da semana para, a partir dele, montar a lista de compras do supermercado. Assim, você não precisará se forçar a comer até o último grão só para evitar o desperdício.

5. “Não adianta chorar sobre o leite derramado”

Uma vez que a bagunça está feita, resta arrumá-la. Por isso, se você já está endividada, não adianta lamentar: é preciso correr atrás do prejuízo, literalmente. Liste todas suas dívidas e comece quitando aquelas com as maiores taxas de juros. Uma boa estratégia é trocar os débitos mais caros, como cartão de crédito, por mais baratos, como empréstimo consignado. Nesta matéria você vê mais dicas para se livrar das dívidas e não derramar mais o leite.

6. “Quem com porco se mistura, farelo come”

Já dizia sua avó: cuidado com as companhias. Aquela amiga gastona pode lhe levar para o buraco se você tentar acompanhar seu estilo de vida. Se você estiver sem grana, não tenha medo de dizer que vai passar a saída do fim de semana, ou de sugerir um programa mais barato.

7. “O apressado come cru”

Por outro lado, o paciente consegue ótimos retornos em investimentos de renda fixa. Quanto mais tempo você mantém um investimento, menores são os encargos e maiores os rendimentos. Um CDB com prazo de dois anos, por exemplo, oferece maior percentual de CDI (Certificado de Depósito Interbancário) – taxa usada para os bancos emprestarem dinheiro entre si, que é a base para a remuneração nessa modalidade de aplicação – do que um de três meses.

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Ana Paula de Araujo

Repórter, produz o conteúdo multimídia do Finanças Femininas e é fã da Mulher Maravilha. Divide a vida de jornalista com a de musicista e tenta ajudar o máximo de pessoas nas duas profissões.
Fale comigo! :) anapaula@financasfemininas.com.br

close