9 hábitos que podem minar suas relações de trabalho

9 hábitos que podem minar suas relações de trabalho

Nem só de tarefas é feita a rotina de trabalho. As boas relações entre os membros da equipe são fundamentais para o sucesso das atividades, qualidade do ambiente e também bem-estar dos funcionários. Para evitar o desgaste da convivência com os colegas, portanto, há alguns hábitos a serem evitados no dia a dia. Confira as dicas do especialista em educação corporativa e presidente do Instituto Passadori, Reinaldo Passadori.

1) Fofoca
Fazer fofoca é um hábito extremamente nocivo para o ambiente de trabalho e também para a sua imagem e reputação como funcionária. “Isso deixa o ambiente muito ruim e faz com que pequenas questões se tornem grandes problemas”, diz Passadori. Uma dica para evitar essa prática é sempre se colocar no lugar do outro e refletir sobre o que pretende comentar.

2) Exposição em excesso
Embora seja comum conversar sobre assuntos pessoais com colegas de trabalho, é preciso tomar cuidado com a exposição em excesso. Reflita sobre o que deseja partilhar e com quais membros da equipe. “É preciso cuidar também da exposição nas redes sociais”, diz o especialista.

3) Mau humor
Todo mundo tem dias ruins, mas tornar o mau humor um hábito no ambiente de trabalho pode ter um efeito terrível sobre as suas relações. “Uma pessoa que está sempre de cara feia contagia negativamente o ambiente. É importante conversar, pedir ajuda, mas é preciso ter consciência de que o mau humor não irá ajudá-la a solucionar o problema.”

4) Agressividade na comunicação
Além de prestar atenção ao que fala, é importante atentar-se à maneira como se fala. “Comunicação não é o que falamos, mas como isso é percebido pelos outros. Muitas vezes a pessoa fala algo pertinente, mas, pela forma como fala, soa negativo, agressivo”, explica Passadori. Por isso, é preciso tomar cuidado com o tom e ser assertivo ao transmitir o que deseja: com objetividade, educação, reflexão e clareza.

5) Dificuldade em ouvir críticas
Da mesma forma como é importante saber dizer o que pensa de maneira educada, é preciso saber ouvir críticas e separar o que é pessoal do que faz parte da rotina de trabalho. “Algumas pessoas se ofendem com muita facilidade e isso pode indicar falta de maturidade. É preciso saber que você será cobrada no ambiente de trabalho.”

relacoes_trabalho_interna

6) Atrasos e faltas
Imprevistos acontecem e todo mundo que trabalha sabe disso. Mas é preciso cuidar para que os hábitos negativos não sejam incorporados à rotina e prejudiquem o trabalho. Atrasos diários e faltas para resolver questões pessoais, por exemplo, não devem se tornar usuais. “Esses fatores levam à perda de confiança da equipe”, diz Passadori.

7) Uso excessivo do celular
Os celulares estão enraizados nas relações pessoais e de trabalho, mas é preciso tomar cuidado para não deixar que o seu uso prejudique o trabalho e passe a imagem de descomprometimento aos colegas. “É importante assumir uma postura profissional, que não cause prejuízo lá na frente.”

8) Corpo mole
A falta de iniciativa ou “corpo mole” ao desenvolver as suas atividades é outro fator que pode prejudicar – e muito – as relações de trabalho. “Dar a entender que não está comprometida ou disposta a colaborar com a equipe é muito ruim.” Ao evitar se envolver com questões de trabalho, a pessoa pode parecer omissa em relação ao que acontece ao seu redor.

9) Bajulação
Na ânsia de “mostrar trabalho”, muita gente perde a mão no contato com a chefia. Ficar tachado de bajulador ou “puxa-saco” pode dar às pessoas a impressão de falsidade e causar um desconforto na equipe.

 

Fotos: Shutterstock

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Mariana Ribeiro

Jornalista com sotaque e alma do interior. Longe das finanças, passa o tempo atrás de música brasileira, rolês baratos e ônibus vazios. Acredita que o mundo seria outro se as pessoas tentassem se ver.
Fale comigo! :) mariana@financasfemininas.com.br

close