Aproveite que tem tempo: como se planejar para os gastos de fim de ano

Aproveite que tem tempo: como se planejar para os gastos de fim de ano

Saí de casa no fim de semana e levei um choque: o Natal está chegando. Ao menos, é o que dizem as vitrines e enfeites que começam a se espalhar pela cidade, anunciando o fim de ano. Em meados de outubro, o comércio entra, aos poucos, no ritmo da próxima grande data comemorativa do calendário.

O que para uns pode ser empolgação antes da hora, para outros pode ser um lembrete bem-vindo ao bolso: você precisa se planejar para o Natal deste ano. Afinal, os gastos não são pequenos: os preparativos para a ceia, os presentes, lembrancinhas e até uma roupa especial para a noite. E não é apenas o Natal: são as férias de fim de ano, o Réveillon, os impostos do início do ano que vem, a matrícula escolar… ufa! Haja cuidado para conseguir dar conta de tudo isso.

O segredo aqui é um só: planejamento. Ao invés de deixar tudo para a última hora, que tal já começar a pensar em todos estes gastos que estão chegando? Com tempo para se preparar, você consegue celebrar as festas de fim de ano sem sufoco financeiro.

gastos-fim-de-ano

Por isso, faça uma lista de todos os gastos e compras que você terá até o fim de janeiro. Incluir o primeiro mês do ano ajuda você a se planejar de forma completa, sem esquecer as grandes despesas de janeiro. Ao lado de cada item, coloque o seu valor ou quanto pretende gastar. Some tudo e terá o diagnóstico: este será o valor que precisará poupar até o fim do ano.

Seja esperta: poupe!

Depois é hora de ver quanto você precisará poupar semanalmente para alcançar o seu objetivo. Divida o valor total que você vai precisar pelo número de semanas até o Natal: assim você tem uma meta de poupança mais fácil de ser alcançada. Seu objetivo será separar este valor toda semana, para conseguir dar conta dos gastos que estão para chegar.

Mas não se esqueça: quem ganha décimo terceiro salário ou bônus nesta época do ano, vai poder contar com esta grana extra. Não se esqueça de considerar esta ajuda mais do que bem-vinda.

Além disso, com planejamento, você consegue se adiantar e comprar os presentes e lembrancinhas antes da correria do fim do ano. Desta forma, você consegue fazer as compras com mais calma e garimpar preços melhores.

Se você tem dívidas, o que eu recomendo é que tenha um Natal mais simples e opte por priorizar a quitação das dívidas neste momento. Assim você garante que entra em 2018 com o pé direito.

Pode parecer cedo demais para falar de décimo terceiro salário, Natal e gastos de janeiro – mas neste ano, vamos mudar de estratégia. Se você cuida deste assunto com planejamento, pode curtir as festas sem sufoco. Por isso, a cada vez que vir uma nova vitrine enfeitada, ao invés de pensar em comprar, comprar e comprar, encare isso como um lembrete: o seu planejamento para o fim do ano a espera.

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

Carol Sandler

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close