Casamento: As Mudanças na Minha Vida Financeira

Casamento: As Mudanças na Minha Vida Financeira

*Janser Rojo

Quando achamos a pessoa certa para casar e dividir nossas experiências, tudo o que queremos é passar bons momentos juntos e viver o tão esperado “felizes para sempre”, certo? Com o passar do tempo, porém, percebemos que nem tudo sai como planejamos e faz parte do relacionamento também dividir os problemas, para que juntos cheguemos a uma solução, garantindo a tranquilidade da vida a dois.

Depois de anos trabalhando com Educação Financeira, tenho visto que DINHEIRO é um problema recorrente na vida de muitos casais. Infelizmente, falar de dinheiro é um “tabu” em nossa cultura e a consequência é a total falta de controle e compreensão sobre uma ferramenta muito útil para se construir a estrutura da vida em família. Um exemplo nítido é ver que muitas vezes a mulher não sabe quanto o marido ganha ou vice-versa. Não é possível fazer qualquer planejamento financeiro dessa forma! O 1º passo para que o dinheiro trabalhe a favor do casal é conversar bastante sobre este tema, não só quando estão passando por dificuldades, mas principalmente quando a situação está sob controle, para que continue assim.

Mesmo antes do casamento, já existe uma decisão super importante que irá impactar a vida a dois: qual será o regime de casamento perante a lei? Comunhão total, parcial ou separação de bens? Não existe melhor ou pior, mas sim o que se adapta melhor à realidade do casal e já é uma primeira oportunidade para falarem sobre o patrimônio.

Quando o assunto se torna livre entre o casal, já é possível adotar algumas estratégias. Vou apresentar aqui algumas delas para que você decida qual se adapta melhor ao seu dia-a-dia fazendo com que o dinheiro seja fonte de harmonia e bem-estar entre você e seu cônjuge:

1) Método Japonês – o marido trabalha e a mulher é a guardiã do lar: no Japão é muito comum que o marido seja o provedor de renda para a família, mas isso não quer dizer que a mulher não se envolva nas questões financeiras, pelo contrário! Na verdade todo o dinheiro ganho pelo marido vai para as mãos da esposa que tem a responsabilidade de organizar as contas e fazer investimentos que garantam o padrão da família, mesmo em épocas de crise. Para o marido sobra uma “mesada” definida pela esposa que analisa as condições financeiras da família e do país.

2) Método de separação de contas: neste caso, o casal tem que ser bem organizado financeiramente e dividir as contas proporcionalmente com os ganhos de cada um. Nunca cometa o erro de “jogar na cara” do cônjuge que você paga mais contas e, portanto, tem mais direitos. Os direitos são iguais! Simplesmente agradeça por você ter a oportunidade de suprir mais necessidades da família.

3) Método do “bolo” familiar: nesta estratégia, não existe mais o dinheiro do marido nem o dinheiro da mulher. Agora todo o dinheiro entra para o “bolo” familiar. A renda da família se torna a somatória das rendas de cada um e assim o casal decide como dividir este dinheiro para os gastos e investimentos do mês. Para facilitar, pode ser criada uma conta conjunta e, assim, todos os pagamentos e retiradas são feitos através desta conta.

como lidar com os problemas financeiros no casamento

Estas não são as únicas estratégias existentes, você pode criar alguma que se adapte melhor à sua realidade. Perceba, porém, que todas elas dependem de uma conversa aberta entre o casal sobre dinheiro.

Depois de definida a estratégia, o 2º passo é a identificação dos objetivos de curto, médio e longo prazo. Embora muita gente ignore essa fase, é muito importante ter bem claro na mente do casal qual é o real motivo de todo o esforço que estão fazendo dia-a-dia. Pode ser conquistar a casa própria, fazer uma viagem todo ano, trocar de carro, dar uma boa educação aos filhos… Sem esta clareza, cada um no relacionamento pode estar criando expectativas diferentes e o resultado disso é sempre a frustração, muitas vezes colocando a culpa no outro. Para evitar esse resultado, portanto, não se esqueça de reservar uma parte dos ganhos de cada um para formar uma reserva para estes objetivos, sempre concordando entre os dois quais são eles.

Por último, o casal precisa combinar qual será a melhor maneira de “medir” a progressão dessa vida financeira a dois. Aí entra o Orçamento Doméstico, que nada mais é do que a organização das entradas e saídas colocada em prática. Mesmo sendo necessária a participação de ambos nesse processo, pode ser que um tenha mais facilidade que o outro e se torne o responsável por alimentar uma planilha, uma ferramenta web (como a nossa planilha amiga do orçamento) ou até um aplicativo no celular. O importante é conseguir ver a evolução mês a mês em direção àqueles objetivos que haviam sido traçados. Não está sendo no ritmo que gostariam? Novamente o papo aberto sobre dinheiro vai facilitar as correções de rumo entre vocês.

Todo esse processo pode ser facilitado com o acompanhamento de um Planejador Financeiro que irá motivar estas conversas sobre finanças, além de acrescentar conceitos mais “profissionais” sobre fluxo de caixa pessoal, investimentos, gestão de risco, tributação, etc…

Acostume-se a tratar essa questão da forma mais sincera possível, pois disso depende tornar o dinheiro um poderoso aliado para a conquista daquele “felizes para sempre” tão desejado.

 

Janser Rojo é planejador financeiro CFP® e possui a certificação CFP® (Certified Financial Planner), concedida pelo Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (IBCPF). Email: janser@somainvest.com. As respostas refletem as opiniões do autor, e não do Finanças Femininas ou do IBCPF. O site e o IBCPF não se responsabilizam pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso destas informações.

 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

IBCPF

IBCPF

Planejamento Financeiro

close