Como começar a investir na bolsa de valores

Como começar a investir na bolsa de valores

*Mariana Ribeiro

As mulheres são a maioria da população brasileira. Segundo o último censo realizado IBGE, correspondem a 51,4% da população do País. Com isso em mente, eu faço uma pergunta: você sabe qual a realidade das mulheres no mercado financeiro? Você provavelmente deve imaginar que este mercado é predominantemente masculino, será?

Segundo o mesmo censo do IBGE, a maioria das pessoas que responderam trabalhar na área de atividades financeiras e serviços relacionados foram mulheres. Podemos notar uma pequena vantagem com 50,20% das respostas.

No entanto, as maiores diferenças dizem respeito ao salário pago a elas em relação à remuneração dos homens. Assim como em outros setores, as mulheres têm ganhos inferiores.

Segundo a BM&FBOVESPA, na base de dados de investidores de pessoas física cadastrados, as mulheres representam 24% e operaram mais ou menos a mesma porcentagem no volume negociado durante o ano de 2015. O total negociado no ano foi de R$89,94 bilhões, e as mulheres foram responsáveis por R$22,44 bilhões operados.

A diferença aumenta se consultarmos a APIMEC, instituição responsável por certificar os analistas de investimento. A entidade tem como função apurar, interpretar e divulgar informações sobre as empresas e o mercado de capitais para auxiliar os investidores em suas decisões. Hoje, são 670 analistas credenciados, sendo 87 mulheres e 583 homens, logo, as mulheres compõem aproximadamente 13% do quadro.

Como não existe quase nenhum material publicado sobre o assunto, decidi buscar opiniões de pessoas que estão no mercado. Falei com operadores de mesa, traders, analistas financeiros e economistas.

aprenda_investir_na_bolsa

Tentei entender porque ainda existem menos mulheres no mercado de capitais brasileiro, talvez porque a maioria as mulheres ainda não se familiarizou com o tema e nem sabe das possibilidades. Por exemplo: você sabia que investir na bolsa de valores , ou o chamado operar, pode ser uma forma de empreender?

Existem pessoas que vivem do rendimento dos seus investimentos, são os chamados “traders”. Eles investem o capital próprio e vivem ou complementam renda com o dinheiro ganhado. É uma atividade de risco, principalmente se você ainda não tem conhecimento sobre o assunto. Como qualquer outra atividade, vai exigir tempo, estudo e dedicação. Procure se informar e apreender sobre o assunto antes de começar.

Leitura complementar

Investimento para iniciantes

Investimento para iniciantes

Ver mais

Ao questionar uma trader, ela usou o jargão “o mercado é soberano” para deixar claro que o sucesso neste segmento depende da meritocracia, independente de quem está do outro lado da tela. Como começar a investir?

Para investir no mercado de renda variável o primeiro passo é abrir uma conta em uma corretora ou banco que ofereça esse serviço. Você deve responder ao API – Análise do Perfil do Investidor – e descobrir em qual categoria de investidora você se encaixa. São três categorias: a conservadora, a moderada e a agressiva.

Procure uma corretora que tenha uma equipe técnica que possa lhe orientar nas tomadas de decisão. Não existe um tempo mínimo, porque existem possibilidades de operações de um dia. Não existe valor mínimo para operar na Bolsa: com pequenas quantias é possível começar. Para tomar a decisão, deve-se levar em consideração o seu perfil de investidora, o risco que você está disposta a assumir, a quantidade de capital e o tempo que pretende manter o investimento. O analista vai orientar, mas quem toma a decisão é você.

Para que nunca teve contato com o tema:

No Veduca tem um curso gratuito, pode ser o primeiro passo para quem quer apreender. Para quem vai estar em São Paulo, o educacional da BM&FBOVESPA, oferecerá um curso gratuito presencial no dia 20/08/2016, voltado para mulheres.

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

*Mariana Ribeiro é analista financeira e pesquisadora da vida de Eufrásia Teixeira Leite, a primeira brasileira a investir na Bolsa de Valores. Tem como projeto desenvolver material que ensine, estimule e empodere mulheres no mercado financeiro.  

Fotos: Shutterstock

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Mariana Ribeiro

Eufrásia

close