Como trabalhar com mais qualidade?

Como trabalhar com mais qualidade?

Você já se pegou questionando sobre a sua rotina no trabalho e tentando entender porque os dias tem sido tão curtos? A quantidade de tarefas só aumenta, o seu salário continua o mesmo e você parece estar cada vez mais cansada e sem tempo para cuidar da sua vida pessoal.

Como você tem encarado essa realidade? Muita gente costuma achar que quanto mais tarefas acumular, quanto mais “mostrar serviço” o tempo todo, mas credibilidade e possibilidades de crescimento terá.

A verdade é que iniciativa e boa vontade serão sim, sempre bem-vindos. Porém, tão importante quanto isso é estabelecer seus próprios limites e impor respeito entre seus colegas e superiores.

As colaborações

Ter um bom relacionamento com os colegas e boa vontade para orientar, ensinar ou até dar uma força em algumas tarefas é algo positivo. Mas há uma grande diferença entre ajudar e “carregar nas costas”. Este tipo de conduta começa lá atrás, ainda na faculdade. Lembra daquele colega que sempre  perdia prazos e pedia para incluir o nome dele em trabalhos de grupo? Pois é, essas pessoas podem se tornar seus colegas de trabalho e continuar com a mesma cara de pau.

Para compensar a audácia dos pedidos, costumam ser muito simpáticos e encher seu ego com milhões de elogios. Quando você menos percebe, aquela “mãozinha” com uma ou outra tarefa começa a fazer parte da sua rotina e o colega “pidão” vai sentir-se à vontade até para lhe cobrar prazos e entregas de atividades que seriam obrigação dele, não sua.

Ainda que você fique sem jeito, é preciso aprender a dizer não! Deixe claro que você tem seus próprios prazos e suas atividades a cumprir, que qualquer ajuda que possa dar, terá que ser em segundo plano. Ser solícita para ajudar os colegas é bom, assumir o trabalho dos outros para si é um erro da sua parte.

como trabalhar com mais qualidade

Os pedidos do chefe

Tudo que lhe é solicitado, você entrega em dia. Ponto para você, com certeza sua chefia está observando sua agilidade para fazer o que é preciso. O problema começa quando as tarefas vão aumentando dia após dia, mas seu salário e sua função permanecem sem alterações.

Na correria do cotidiano, seu chefe pode estar te sobrecarregando de tarefas sem dar-se conta de tudo que você tem acumulado. Uma forma de você demonstrar isso, é levar até ele tudo que vem fazendo e o que deve ser tomado como prioridade. Se os prazos estiverem muito curtos, seja honesta e mostre que não é possível fazer tudo a tempo, que você vai precisar dividir o trabalho com alguém ou de um prazo maior.

É melhor contestar de um jeito educado e realista do que comprometer-se com o impossível. Caso contrário, você corre o risco de entregar um trabalho sem a qualidade que gostaria e ainda vai ficar mais estressada.

Aprenda a estabelecer seus limites para que você seja capaz de manter o equilíbrio entre sua vida profissional e pessoal!

 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close