Crise: Você foi afetada por ela?

17.07.2015

-

Por Rede Mulher Empreendedora

Crise: Você foi afetada por ela?

*Heloisa Motoki

Logo que houve a reeleição do governo uma das grandes preocupações no grupo de discussão da Rede Mulher Empreendedora foi o medo da crise! Que podia chegar! Que estava chegando! Que já estava afetando os negócios!

Desde que me entendo por gente, o Brasil está em crise, nunca vi nenhum governo ser uma unanimidade, se atendia em uma coisa, reclamavam de outra, sempre havia uma crise a ser administrada.

Converso com empreendedoras o tempo todo, de diversos tamanhos e segmentos, e hoje, em meio as notícias de crise, ela não é uma unanimidade, vejo empresas em expansão que não conseguem crescer por falta de mão de obra, por problemas comportamentais dos funcionários, pela falta de crédito para investir em estoque e maquinário.

Vejo também empreendedoras que vem perdendo clientes, seus negócios estão reduzindo e chegaram em um momento que não conseguem investir porque não tem dinheiro, que não tem fôlego para assumir um novo custo, um novo produto, que não sabem onde e como captar clientes, que não tem outra opção se a empresa fechar, que não sabem em que arriscar. Chega a ser desesperador!

mulher-preocupada

Independente do momento que você ou sua empresa esteja: Pare e Pense! A resposta pode estar ao seu lado, olhe por outro ângulo, observe seus clientes, seus fornecedores, outros negócios, é possível sobreviver às crises:

Você já parou para pensar de onde vieram seus clientes? 

Esqueça as grandes estatísticas de mercado, você precisa saber como seus clientes te acharam, simples e direto, com essa resposta você conseguirá identificar onde investir de forma mais efetiva, faça isso em todos os contatos que tiver.

Mandou orçamento e não fechou? 

Procure saber o que aconteceu, se você tem procura e não fecha, veja pelo lado positivo de que houve interesse e se não fechou algo pode estar errado com seu produto/serviços: seu preço está fora do praticado? O cliente está optando por outros produtos? A flexibilidade para esses momentos pode ser a chave.

Perdeu clientes? 

Não há medidor melhor da empresa do que a reclamação de um cliente, enquanto ele estiver reclamando ainda há uma chance de melhorar e mantê-lo. Pela reclamação você consegue administrar pontualmente o problema e preventivamente outras situações, antes de perder. Vejo que em muitos a sensação era de que o inevitável chegou ao fim. Será?

Para inspirar, recomendo que assistam ao filme “Operação Big Hero” (2014, Disney / Buena Vistas), a grande lição dele é olhe por outro ângulo, impossível terminar o filme sem lembrar desta frase e pensar nela sempre que se deparar com um problema.

 

Heloisa Motoki é Diretora Adm/Fin da Rede Mulher Empreendedora, fundadora da Quali Contábil e Consultora Especial no site Fórum Contábeis.  Com formação em MBA em Controladoria, Graduada em Ciências Contábeis e Técnico em Contabilidade, participante do programa de Empreendedorismo pela FGV/Goldman Sachs – 10.000 mulheres. Há 18 anos no mercado contábil, atua diretamente com pequenas e médias empresas em São Paulo.

Dados empresa: A Quali Contábil é uma empresa nacional e jovem que atua na que presta serviços nas áreas Contábil, Fiscal, Trabalhista e Societária para todos os seguimentos (Comércio, Indústria e Serviços) e portes (Micro, Pequena e Média) localizados em São Paulo e Grande São Paulo. 

Crédito das fotos: Shutterstock

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

redemulherempreendedora

Rede Mulher Empreendedora

Ela Empreendedora

close