Descubra o seu mindset financeiro

Descubra o seu mindset financeiro

“Eu não entendo nada de dinheiro”. Já perdi as contas de quantas vezes ouvi esta frase nos últimos anos! No entanto, após ler o livro “Mindset – A nova psicologia do sucesso”, da psicóloga Carol Dweck, percebi que a frase contém uma dimensão que eu não havia vislumbrado ainda.

No seu best-seller, Dweck conta que existem dois tipos de mentalidades (ou mindsets) diferentes: o mindset fixo e o de crescimento. Em linhas gerais, pessoas com mindset fixo são aquelas que acreditam que suas capacidades e inteligência não aumentam ao longo da vida. Ou você nasce com talento, ou esquece – você nunca poderá se tornar brilhante. São pessoas que morrem de medo de ouvir críticas e vivem na constante busca de serem reconhecidas. Contudo, fogem de desafios – afinal, podem ser uma armadilha. Se você não “passar no teste”, todos verão a fraude que é.

Por outro lado, as pessoas de mindset de crescimento adoram um desafio. Buscam constantemente oportunidades para aprender mais e continuar a crescer. Elas acreditam que a sua inteligência e capacidades podem ser aumentadas ao longo do tempo, graças ao estudo e ao esforço. A nota da prova importa menos do que a oportunidade de crescimento. O feedback é o que lhes permite encontrar as áreas onde ainda precisam melhorar – e correm então para fazê-lo.

mindset-financeiro

A maioria gosta de pensar que tem um mindset de crescimento, mas a verdade, segundo a autora do livro, é que a nossa mentalidade varia muito nas diversas áreas das nossas vidas. Eu mesma, por exemplo, tenho mindset fixo com relação às minhas capacidades manuais. Sempre achei que nasci com duas mãos esquerdas e que não tinha jeito: nunca conseguiria desenhar, pintar ou tocar bem um instrumento. “Não nasci jeitosa”, já me peguei dizendo várias vezes. Mas isso não quer dizer que tenho mindset fixo em todas as áreas da minha vida.

Após ler o livro, me caiu a ficha: dizer que não entende de dinheiro nada mais é do que aplicar o mindset fixo na sua vida financeira. A frase deixa transparecer uma série de crenças (limitantes) quando o assunto é dinheiro:

  • Eu não entendo de dinheiro – e nunca vou entender
  • Eu não nasci com esta capacidade – e ela é impossível de ser aprendida
  • Mulheres não lidam bem com dinheiro – e isto é uma verdade universal
  • Eu sou descontrolada com dinheiro – e não tenho a capacidade de aprender a me controlar

E assim por diante. No entanto, não há nada mais distante da realidade. Na minha experiência:

  • Ninguém nasce sabendo lidar com dinheiro – mas todos podem aprender
  • Não existe uma pessoa ou gênero melhor ou pior com dinheiro – existem exemplos visíveis, que moldam os nossos preconceitos
  • Aprender a cuidar do dinheiro e a controlar impulsos é algo que pode ser aprendido por qualquer um – e já vi isso acontecer centenas de vezes

Basta querer encarar o desafio.

Se você se identificou com este tipo de mentalidade financeira, que tal tentar mudar a sua abordagem? Para adotar um mindset de crescimento com a sua vida financeira, você só precisa estar disposta a aprender. A buscar oportunidades de treino e aprendizado todos os dias. A ler mais sobre o assunto. A encarar os inevitáveis fracassos como aprendizados – e não mais como “provas” de que você não leva jeito para o assunto.

Com esta mudança de mentalidade, uma transformação na sua vida financeira pode começar a acontecer. Você só precisa dar o primeiro passo.

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

Carol Sandler

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close