Dicas bacanas para o presente do Dia das Crianças

Dicas bacanas para o presente do Dia das Crianças

Seu filho provavelmente anda mais carinhoso que o normal, obedecendo suas ordens com mais facilidade, se alimentando bem e fazendo as tarefas da escola sem ninguém precisar chamar a atenção. Não se iluda! Esse comportamento de anjinho tem um propósito: o tão esperado Dia das Crianças!

Não só os pequenos festejam a aproximação da data – o comércio até rejuvenesce com as expectativas do mês de outubro. Quando o assunto é resultado nas vendas, o dia 12 costuma perder apenas para o Natal, que é a data mais aguardada pelos lojistas. O grande problema é que a euforia deles significa um belo impacto no seu bolso. Neste ano, já não há como escapar dos preços altos, mas como você vai precisar se preparar para essa data outras vezes, a nossa dica é se antecipar ao máximo que conseguir.

Procure saber que tipo de presente agrada seu filho e compre com cerca de um mês de antecedência. Fazendo isso é bem possível que você consiga escapar do aumento dos preços em função da data. Se você ainda não pensou no que pretende dar ao seu filho, ai vão algumas dicas!

Dia das crianças

De 0 a 2 anos

É hora de estimular esse bebê! Toda essa energia que ele tem pode ser direcionada para brincadeiras educativas. Nesta fase, as melhores indicações são os brinquedos grandes (para evitar que ele engula alguma peça) e quanto mais coloridos, melhor. Os blocões de montar são uma boa pedida, assim como aqueles tapetinhos, que podem vir com letras, números, enfim, toda a simbologia que mais tarde ele vai entender o significado. Outra boa dica são os brinquedos de pendurar nos berços, que ajudam na coordenação motora. Como nesta fase o seu filhote ainda não está muito ligado nas datas comemorativas, você pode escolher dar um presentinho para estimulá-lo – e não ficar tão sujeita aos pedidos deles… Muitas vezes, um DVD da Galinha Pintadinha pode trazer muita alegria e sessões de dança em casa!

De 3 a 6 anos

Agora seu filho começa a ficar mais apto a usar brinquedos com mais peças, mais cores e funções. A ideia continua seguindo a linha de estimular a criança, então o ideal é dar a ela opções de criação (como os brinquedos de montar) e também que comecem a dar noções de coletividade. Neste segundo caso, uma boa opção são os jogos voltados para vários participantes. É uma maneira de mostrar ao seu filho que é legal se divertir em grupo, de ajudar a iniciar as amizades e de você acompanhar como será o comportamento dele com outras crianças. É nesta fase que a meninada precisa desenvolver as capacidades de trabalho em grupo, de saber competir com lealdade e também de aprender a dividir o brinquedo com mais pessoas.

Dia das crianças pedalando

De 7 a 9 anos

Assim como os primeiros anos, essa fase é bem cheia de energia. Agora é um bom momento de propor a ele desafios maiores (e que podem ser muito úteis em outras etapas da vida). Se você estiver disposta a gastar um pouco mais, a dica é investir em uma bicicleta, um patins ou um skate. Sabemos que você fica receosa, temendo que sua criança se machuque. Mas cá para nós, criança que não se suja e não tem pelo menos algumas casquinhas de machucado pelo corpo não aproveitou tudo que podia da infância, não é mesmo? Para evitar aventuras mais arriscadas, controle os momentos em que seu filho vai usar esses brinquedos. Eles são uma ótima opção para acompanhar os passeios de fim de semana, seja em parques, praças ou ciclovias.

Acima de 10 anos

A adolescência se aproxima e você não vai conseguir escapar do clamor pelas novidades tecnológicas. Quando percebem que na escola os colegas de sala têm smartphones, tablets e afins, não adianta: os seus filhos vão querer também. Fica aquela sombra de medo: será que meu filho vai se alienar com isso? Será que vai se envolver com coisas proibidas na internet? A verdade, querida leitora, é que isso depende somente de você. Hoje existem ferramentas para monitorar por onde seu filho anda navegando. Além disso, manter o diálogo sempre aberto evita que ele se distancie e se envolva em um mundo desconhecido na internet. Todos os eletrônicos hoje convergem para a internet de alguma forma, não há como escapar disso. Os videogames vêm preparados para jogos online, as televisões também se conectam à rede. Se você começa a introduzi-lo agora neste mundo, fica mais fácil acompanhar o que ele faz e a ter afinidade com tecnologia desde cedo.

Se você estava em dúvida, esperamos que este post tenha te ajudado! Já escolheu o seu presente?

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close