Dicas para controlar as finanças trabalhando como autônoma

Dicas para controlar as finanças trabalhando como autônoma

A vida da trabalhadora autônoma tem muitas vantagens, mas também requer uma dose extra de foco e determinação. A questão é que nesses casos a pessoa normalmente recebe os pagamentos em cheque ou mesmo dinheiro em espécie, com fluxo de entrada e saída de dinheiro praticamente todos os dias. Sendo assim, é grande a tentação de ir usando o dinheiro tanto para pagar as despesas quanto para gastos extras.

Se diante dessa realidade você acabou cheia de dívidas e descontrolada para pagar suas despesas, está na hora de pensar em uma estratégia para reverter esse quadro. Quando assumir o controle dos seus gastos e conseguir equilibrar sua vida como autônoma você vai poder aproveitar também as vantagens, como programar sua rotina para tirar férias em períodos mais interessantes e mais baratos!

Prioridades

Na hora de organizar suas despesas é preciso separar as contas fixas das variáveis. Priorize parte do dinheiro recebido para bancar custos indispensáveis, como matéria-prima, gasolina ou dinheiro para transporte público. São custos que você precisa ter condições de bancar para conseguir continuar em atividade.

Faça uma planilha separada para suas despesas domésticas (água, luz, telefone, etc). Muitas vezes esses recursos também serão usados para o seu trabalho, então fique atenta para não deixar essas contas atrasadas. Não esqueça também de separar parte do dinheiro para pagar a sua aposentadoria! Os gastos extras, normalmente voltados para questões pessoais, também devem ser bem organizados dentro do orçamento e nunca priorizados diante dos exemplos que acabamos de citar.

Tente programar-se para fazer as compras de supermercado uma vez ao mês ou no máximo duas. Quando você deixa para comprar aos poucos as coisas que estão faltando, acaba caindo na cilada de levar também produtos supérfluos. Na ponta do lápis, isso acaba fazendo diferença na hora de pagar as despesas mais importantes.

Reserva financeira

Diante de uma agenda imprevisível é mais importante do que nunca manter um fundo de emergência. A mulher que trabalha de forma autônoma está acostumada a lidar com diferenças grandes no faturamento de um mês para o outro. Por isso, nos meses de “vacas gordas” seja criteriosa com o dinheiro que receber a mais.

É bem provável que você queira aproveitar a oportunidade para comprar aquele sapato bacana que todo dia te faz perder alguns minutos na vitrine. Não vamos te julgar, mas procure fazer isso com bom senso! Estabeleça a rotina de separar o dinheiro extra para colocar em alguma aplicação, que seja uma caderneta de poupança ou mesmo títulos públicos e CDBs, que sempre têm boa liquidez.

Lidando com os pagamentos

Não é raro ouvir histórias de autônomas que criam o hábito de guardar em casa todo o dinheiro que ganham. Como os pagamentos nem sempre são regulares, muita gente acaba com preguiça de ir colocando o que recebe no banco. O grande problema de optar por esse caminho é que você fica em uma situação muito vulnerável.

O dinheiro parado em casa te faz perder poder de compra (sua reserva poderia estar rendendo juros em alguma aplicação), principalmente em tempos de inflação alta. Além disso, manter dinheiro guardado em casa é um risco muito grande. Se tiver a infelicidade de ser assaltada, você pode perder uma vez o dinheiro acumulado durante muito tempo. Na hipótese do assaltante encontrar muito dinheiro, você ainda corre o risco de tornar-se alvo de bandidos outras vezes. Procure pagar suas despesas no cartão de débito e organize-se para depositar o dinheiro que recebe toda semana.

Já passou por dificuldades para controlar os gastos trabalhando como autônoma? Conte para nós a sua experiência.

 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close