Faça um balanço de suas metas de 2014

Faça um balanço de suas metas de 2014

*Luiz Correia M. Pereira

Faço um convite para que você volte um pouco no tempo. Sendo mais especifico, para a noite do réveillon de 2014 enquanto brindava a chegada do novo ano. Que tal fazer um balanço para saber como foi o ano? O que aconteceu com os planos e sonhos, e com tudo mais que foi idealizado naquela noite?

Claro que não é o único dia no ano em que paramos para fazer planos ou rever a nossa vida, mas geralmente é a data que fica mais saliente na nossa memória, e a depender da fase da vida, são tantos os planos que passam pela nossa cabeça, não é mesmo?

Para saber como foi a sua performance, você pode fazer algumas perguntas. Quais foram os sucessos? Quantos desses planos foram colocados em prática? Quantos tiveram o caminho sedimentado para que possam ser efetivados em um futuro próximo? Quantos desses planos eram sustentáveis ou se reverteram em verdadeira satisfação para você? Onde você acertou e errou? Por quê?

Entre os desejos mais comuns que as pessoas relatam, estão a troca do carro, a compra de uma casa, ou simplesmente a vontade de redecorar o apartamento. Sair do emprego e abrir um negócio próprio, marcar a data do casamento ou programar a vinda de um filho, estão entre os mais impactantes na vida das pessoas. Para outros, começar a investir para garantir um futuro tranquilo, fazer um curso ou uma viagem, podem ser as prioridades do momento. Não importa…talvez você chegue a concretizar alguns desses sonhos agora, outros porém, levam um pouco mais de tempo e elaboração e podem ficar para os próximos anos. Mas o que é realmente importante fazer para que os desejos se transformem em realidade?

Em primeiro lugar, lamento dizer, mas não existem fórmulas mágicas e a resposta é bastante simples: planejamento e disciplina! Já sei que para muitas, o sinal vermelho acendeu. Ah, mas que coisa chata! Não é não. Você só precisa controlar as suas contas, colocar as suas conquistas numa escala de prioridades e não dispersar com estímulos externos. Dessa forma, você chega lá e sem sofrimento.Lembre-se, uma caminhada de muitos quilómetros, começa com um primeiro passo.

planejamento_2015

É importante dizer que muitas vezes podemos nos frustrar porque o sonho não é compatível com a nossa realidade. Em certos casos, demandaria um esforço tão grande para ser alcançado, que implicaria em pesados impactos pessoais e financeiros.

Gosto de extrapolar nos exemplos. É uma forma que julgo bastante didática de mostrar que não basta sonhar. Além de planejar, temos que pensar nas implicações que essa concretização trará para nossas vidas. Será que realmente compensa?

Então vamos lá…adoraria ter um daqueles carros do 007, agora, voltando à realidade, vamos considerar algumas questões referentes à compra de um carro na faixa de preço de R$ 1 milhão. Para o público alvo dessa categoria de veículo, o impacto pode ser desprezível, mas e para a maioria das pessoas realizar um desejo como esse, quantas coisas teriam que ser deixadas de lado?  Isso se só levarmos em conta a compra. Agora, adicione à lista os gastos de manutenção, seguro, IPVA, depreciação, entre outros. Pois é, a brincadeira pode tomar dimensões estratosféricas.

Acredito que com esse exemplo, conseguimos perceber de uma forma racional que é preciso adequar nossos sonhos e planos à realidade.

O primeiro passo na conquista dos seus objetivos, é mapear a sua situação econômica. Ter uma planilha com todas as receitas e todas as despesas, é condição básica para que você saiba quanto realmente do seu orçamento você pode gastar ou investir.Uma boa visão da sua realidade financeira, ajudará inclusive a adequar suas despesas e gastos de forma a evitar desperdícios.

Se você confiar apenas nas contas mentais, provavelmente esquecerá de computar uma série de despesas, como água, luz, impostos em geral e seguros. Aposto contigo que quando você sai e vê aquele sapato, não fica pensando na conta de telefone ou de internet. Se você disse que sim, é a exceção da exceção!E digo mais, provavelmente você deve levar em consideração o salário bruto na hora da compra.

Tenha uma reserva de emergência que cubra pelo menos uns seis meses das suas despesas e então monte a sua estratégia de investimentos e estabeleça as prioridades para a concretização de seus sonhos.

Claro que ninguém quer chegar aos 70 ou 80 anos, olhar para trás e ver que a vida passou sem que tivesse desfrutado de absolutamente nada,mas é preciso sim, ter consciência de que sem planejamento, não é possível chegar à idade avançada com conforto, segurança e tranquilidade, inclusive para poder desfrutar de novas e gratificantes experiências.

Muitas pessoas já comentaram comigo que, depois de terem feito um balanço de suas vidas, perceberam que a felicidade não estava no consumo desenfreado, que muitas vezes vinha como uma compensação. Passaram a notar que muitas coisas traziam felicidade e satisfação, não necessitam de um centavo sequer.

Pense você também nas coisas que realmente fazem da sua existência uma aventura prazerosa, cheia de realizações e conquistas pessoais. Lembre-se dos amigos queridos que dão sentido à nossa jornada.

Acredito que pode estar aí, a resposta para o equilíbrio.

Espero realmente que na próxima passagem de ano, você se sinta feliz por ter conquistado não só alguns sonhos, mas por ter conquistado o controle da sua vida financeira.

Boa sorte!

LuizCorreia M. Pereira é CFP® é planejador financeiro pessoal e possui a certificação CFP® (Certified Financial Planner), concedida pelo Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (IBCPF). Email: luizcmp@uol.com.br

As respostas refletem as opiniões do autor, e não do Finanças Femininas ou do IBCPF. O site e o IBCPF não se responsabilizam pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso destas informações.

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

IBCPF

IBCPF

Planejamento Financeiro

close