Financiar um imóvel fica mais caro a partir desta semana

Financiar um imóvel fica mais caro a partir desta semana

Comprar uma casa ou um apartamento está nos seus planos para este ano? Então é bom saber que o financiamento imobiliário ficará mais caro neste ano. Conforme a Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou na última semana, os juros para financiar imóveis estão mais altos. A medida entrou em vigor na última segunda-feira e afetará os novos contratos. Segundo a instituição, as pessoas que já tinham contrato assinado antes da alteração não serão afetadas. Imóveis financiados por meio do FGTS e do programa Minha Casa, Minha Vida também não tiveram alterações nos juros.

Para quem não entendeu o motivo do aumento repentino, a justificativa do banco é o aumento da taxa básica de juros do país (Selic), que está em 11,75% e já deve subir mais nos próximos dias. Apesar do anúncio ter sido feito pela CEF, é bom deixar o bolso preparado se você estiver planejando fazer o seu financiamento através de outro banco. Isso porque a CEF é responsável por praticamente 70% de todo o financiamento de imóveis do país, o que faz com que outros bancos a tomem como referência para o reajuste de juros.

De cara, já vale ressaltar que as medidas terão um impacto maior nos financiamentos de imóveis mais caros. De acordo com a Agência Brasil, as linhas de crédito do Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI), que financiam imóveis acima de R$ 650 mil e acima de R$ 750 mil em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal, vão ter impacto de 11,2% a 14,3% nos valores da prestações.

juros_financiamento_imoveis

As linhas do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), que financiam imóveis de R$ 190 mil a R$ 650 mil, terão impacto menor, variando de reajustes entre 0,8% a 4,4% nos valores das prestações.

É importante ressaltar também que o relacionamento que cada pessoa tem com o banco também interfere nas taxas de juros praticadas. Por exemplo, servidoras públicas que possuem conta-salário no banco e fazem investimentos ou são correntistas no banco conseguem juros mais baixos. No link acima você encontra uma tabela com os juros praticados em diferentes situações.

Se você tinha um planejamento para começar um financiamento habitacional neste ano, é hora de refazer as suas contas com as novas taxas de juros. Se estiver com intenção de procurar outro banco, compare o que vinha sendo praticado antes para saber se houve aumento. Ainda que exista essa pressão em função dos juros altos, lembre-se sempre que você não perde nada em negociar. Pelo sim ou pelo não, a tentativa pode valer a pena!

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close