Kerry Washington lança campanha contra abuso financeiro

Kerry Washington lança campanha contra abuso financeiro

Quando o assunto violência doméstica vem à tona, a primeira imagem que as pessoas costumam ter em mente é de uma mulher sofrendo ameaças, humilhações verbais e agressões físicas. Uma outra característica que nem sempre é notada como deveria, é a forma como agressores usam o abuso financeiro para manterem relacionamentos abusivos.

Para tanto, eles impedem que a mulher tenha acesso a tudo aquilo que possa trazer independência financeira. E aí entra a coerção para impedir que ela trabalhe, que tenha acesso a cartões de crédito e até mesmo restrições para usar os meios de transporte livremente. A vida financeira da mulher é monitorada de perto e o objetivo do agressor é justamente criar uma relação de dependência tão forte, que torne o rompimento mais difícil.

Você também pode gostar:
Generosidade feminina atrapalha na formação da aposentadoria
Ganhar mais que o marido não é problema
Como planejar a independência financeira ao longo dos anos

Quem sofre este tipo de violência tem dificuldades para livrar-se das relações abusivas porque a privação da independência financeira é um dos elementos de repressão, é preciso levar em consideração as agressões físicas e psicológicas sofridas pela mulher, que resultam na queda de auto estima e confiança para dar a volta por cima.

Dados levantados pela AllState Foundation revelam que uma a cada quatro mulheres sofrem violência doméstica nos Estados Unidos. O número é maior do que a incidência de câncer de mama, de ovário e fígado combinados. Além do dado alarmante, as estatísticas mostram que o abuso financeiro está presente em 98% dos casos de violência doméstica.

É através da dependência financeira que os agressões mantém as mulheres presas a relacionamentos abusivos, pois a falta de recursos impede que elas se libertem da relação.

Continue a ler a matéria na próxima página!

Tendo em vista a gravidade da situação, a fundação resolveu lançar uma campanha com a ajuda da atriz e fashionista Kerry Washington – que interpreta Olivia Pope na série Scandal – chamado de Purple Purse (bolsa roxa, em tradução livre). Ela foi convidada a desenhar o produto e a renda arrecadada com a venda das bolsas é revertida para ações de combate à violência doméstica e abuso financeiro.

Entrevistada pelo site Feministing sobre o assunto, Kerry Washington explicou porque escolheu apoiar a campanha. “Eu nunca tinha ouvido falar sobre abuso financeiro antes, mas aprendi que este é o primeiro motivo que fazem as mulheres permanecerem em relações abusivas e também a razão pela qual muitas delas voltam para a relação com os agressores. Elas não sentem-se capazes de cuidar de si mesmas financeiramente. E eu percebi que a campanha é uma forma que eu posso contribuir para uma causa que já me envolvi há muito tempo, que é o combate à violência contra mulher. É uma forma de ser parte de uma solução realmente tangível, dando a elas as ferramentas para se libertarem e usando a moda para falar disso.

Eu sempre via violência doméstica como um problema social, um problema psicológico e emocional, mas percebi que o problema financeiro nisso tudo também é muito grande. Identificar este problema financeiro é algo que me deixa realmente esperançosa, porque eu sinto que todos estes outros problemas são graves, mas dar à mulher as ferramentas para buscar a independência financeira, faz com que ela consiga se libertar dos outros problemas e realmente romper com o agressor”, finalizou.

Fotos: Shutterstock

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close