O desafio de economizar dinheiro em tempos de crise

O desafio de economizar dinheiro em tempos de crise

Sua segunda-feira aparentemente começa bem, até que você resolve dar uma checada no saldo bancário e a vontade que tem é de chorar. Você preferia voltar no tempo e deletar a ideia de checar a conta, pelo menos para não terminar o dia desolada.

Mas como não dá para fugir da realidade, você percebe que vai ser preciso economizar para melhorar a situação do saldo bancário. Com o custo de vida caro como está hoje, esta é a hora que você parece entrar num looping eterno e conhece a angústia de não conseguir juntar dinheiro.

Você também pode gostar:
11 momentos que só quem está devendo conhece
7 formas de não gastar a sua restituição de imposto de renda
Dicas de como enxugar o orçamento para quem ganha até R$ 4 mil

Depois de ter a certeza que a conta está no vermelho, você resolve tomar atitudes drásticas. As unhas, por exemplo, vai passar a fazer em casa. Assim, sobra uma graninha extra ao fim do mês…

Mas a conta de luz aumentou absurdamente e lá se vão os reais economizados no salão de beleza. Afinal, não dá para viver em um eterno clima romântico à luz de velas.

Já que as contas estão subindo tanto, você resolve economizar no consumo de água e energia em casa, quem sabe dá uma aliviada no orçamento?

Você até consegue reduzir um pouco os valores das contas fixas, só que ai vem a hora de fazer as compras do mês e a inflação engole seu dinheiro todo outra vez.

Então, você decide optar por produtos mais baratos na próxima compra e abandona todos os supérfluos que pode…em seguida percebe que seu combustível acabou e dá uma passada no posto. Para sua “surpresa”, os preços do álcool e da gasolina subiram.

Dá uma angústia tão grande que a vontade é de descontar em comida, comer logo um sanduíche bem grande ou uma massa naquele fast food ou restaurante que você adora. O problema é que além de faltar grana até mesmo para suas despesas básicas, os preços dos cardápios dos seus lugares favoritos também subiram.

No fim das contas, a sensação que dá é que você gasta dinheiro até para respirar. E que há muito tempo não parecia ser tão difícil economizar dinheiro.

Enquanto a situação  – da sua conta bancária e do país – não melhora, não dá nem para pensar em agir com negligência com o dinheiro. Deixe o cartão de crédito guardado e evite as compras desnecessárias até conseguir equilibrar tantas despesas altas dentro de seu orçamento.

Fonte dos gifs: Giphy

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close