Orçamento para quem vai morar sozinha!

Orçamento para quem vai morar sozinha!

Vai morar sozinha? Que maravilha! Este é um grande passo para quem buscava alcançar a independência financeira. A partir de agora, sua casa depende somente de você! Lembre-se que não vai ter mamãe para lembrar de fazer as compras e afofar sua cama, nem papai para desentupir a pia e emprestar um dinheirinho na hora de sair.

Isso é um passo muito importante na vida de uma mulher. Provavelmente, no começo vai enfrentar algumas dificuldades. Mas quando essa fase passar, não vai querer dividir seu espaço com ninguém. Você vai criar responsabilidades e deveres no dia a dia – e aprender que tem o seu próprio jeito de fazer as coisas. Coragem e siga em frente! Afinal, a independência que você conquista não tem preço.

Antes de sair de casa
Para ter uma noção de quanto vai precisar de dinheiro, precisa saber quanto custa a sua vida. Essa é a chave para entender se você banca a vida que leva. Pode ser um susto, mas com alguns ajustes tudo entra na normalidade.

Coloque na ponta do lápis todos os seus gastos. Como vai morar sozinha precisa saber quanto isso vai custar, então também liste os valores do condomínio, parcela do apartamento ou aluguel e impostos, como IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

E aí sua grana dá pra arcar com tudo isso sozinha?

Morando sozinha
A partir do momento que estiver sozinha vai se deparar com gastos que não imaginava. Para ter uma vida confortável precisa de coisas mínimas como água, luz e gás. Depois de ter feito a primeira listagem, é interessante saber quanto gasta em média com esses serviços. Calcule a partir da análise dos seus três primeiros meses morando sozinha.

Foi comprovado que comer em casa é muito mais barato do que sair para jantar ou almoçar fora. Para evitar desperdício de comida e também controlar os gastos, faça uma lista de compras. Sabendo qual é o menu da sua semana fica fácil comprar só o que precisa. Acrescente nesta lista todos os produtos de limpeza para manter sua casa limpa.

Isso é mais que suficiente para ter ideia dos seus gastos. Depois de tudo isso contabilizado, reflita: Precisa mesmo de internet e televisão a cabo em casa? Esses são pequenos luxos que podem custar caro e desestabilizar o seu orçamento. Claro, fica a seu critério a escolha, mas tenha consciência disso. Trocar a TV a cabo por um plano bom de internet que te permite assistir filmes e seriados pode ser uma boa ideia de como enxugar os seus custos mensais.

Situações de emergência
O encanamento pode vazar, a geladeira pifar e a janela quebrar… Tudo é possível! Por isso, você tem que estar preparada. A melhor saída nesses casos é fazer uma reserva. Além de poupar dinheiro para realizar os seus sonhos, agora você também precisar guardar uma quantia para momentos emergenciais. O ideal é que você tenha guardado o equivalente a pelo menos três meses do seu salário. Assim você lida com gastos inesperados e até com situações de emergência, como uma perda de emprego. Não é um dinheiro impossível de guardar e que pode lhe ajudar muito no futuro.

Vai sair de casa? Quais são seus maiores medos?

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

Carol Sandler

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close