Os detalhes que fazem a diferença no seu negócio

Os detalhes que fazem a diferença no seu negócio

Em tempos de crise econômica, quem trabalha com o comércio precisa de ter a percepção de mercado muito aguçada e bastante criatividade para obter bons resultados. Para isso, muitas vezes é preciso sair da zona de conforto e prestar atenção a detalhes que podem escapar facilmente.

Se você presta algum tipo de serviço ou tem um estabelecimento comercial e acha que precisa ter mais clientes, que as vendas poderiam estar mais aquecidas, olhe ao seu redor e pense bem: “o que está acontecendo de importante ao meu redor e eu não estou percebendo?”.

Quando vai a um restaurante, por exemplo, você realmente presta atenção no que acontece ao seu redor? Pegue como exemplo aqueles restaurantes mais tradicionais, bem conhecidos em determinada região da sua cidade. Preste atenção nos clientes, nos funcionários e na interação entre eles.

Com atenção, você facilmente perceberá a diferença entre o cliente comum e aquele que frequenta a casa assiduamente. O tratamento com o primeiro é mais formal, enquanto o segundo já é tratado com um pouco mais de casualidade e intimidade. “Como vai a família?”, um garçom pode perguntar a um frequentador. Ou mesmo, “vai ser o de sempre, senhora?”, tendo em vista que essa é uma forma da cliente perceber que está sendo notada naquele local.

bom_atendimento

São detalhes que parecem simples, mas eles fazem toda a diferença. Um cliente que é tratado com carinho fica com vontade de voltar naquele lugar. Pode abrir um concorrente na porta ao lado com uma refeição mais barata, mas ele sabe que naquela outra casa ele recebe um atendimento de qualidade e que isso vale a pena.

E como em várias outras situações da vida, este relacionamento é uma troca. A pessoa recebe um bom atendimento sempre, pode ter algumas regalias com descontos, ao passo que retribui essa atenção com gorjetas melhores, indicações do local para amigos, etc.

O exemplo dado acima acontece frequentemente e as vezes não atentamos sobre como podemos trazer isso para a nossa própria vida, para o nosso negócio. Seja qual for o seu ramo de atuação, pense bem como essa relação cliente-garçom pode ser aplicada em seu cotidiano. O que você pode fazer a mais pelos seus clientes? Que tipo de abordagem pode ser feita para fidelizar seu cliente?

Use a sua simpatia e sensibilidade para entender exatamente qual é o “plus” que seu público-alvo precisa neste momento. Procure aprimorar seu trabalho em tudo que puder e lembre-se: é o seu diferencial que lhe trará visibilidade.

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close