Pequena empresa: como montar a equipe perfeita

Pequena empresa: como montar a equipe perfeita

Falta de proatividade, comprometimento e alinhamento com os objetivos da empresa. Quem tem uma pequena empresa sabe que não é fácil montar a equipe certa para ver seu negócio crescer. Se você está vivendo esse dilema, confira as dicas da planejadora financeira e fundadora do Finanças Femininas, Carol Ruhman Sandler, para tomar boas decisões na hora de escolher os seus funcionários.

1) Procure profissionais dinâmicos

A maior dificuldade enfrentada por quem está montando uma equipe pequena é encontrar profissionais com um perfil ‘faz tudo’, coloca Carol. “As áreas de trabalho de uma pequena empresa não são estáticas, todo mundo acaba tendo que fazer um pouco de tudo. Por isso, é muito importante encontrar um profissional que entenda esse momento.”

2) Vá além do salário na contratação

É importante que os funcionários de pequenos negócios se identifiquem com os objetivos da empresa, por isso, essa contratação não deve apenas focar em requisitos básicos e salário. “Tente achar alguém com ‘brilho nos olhos’, um funcionário disposto a encarar os desafios.”

3) Uma visão “quase empreendedora” é diferencial

Outro atributo importante é que o funcionário consiga ter visão do negócio, enxergar para onde estão caminhando. “Esse perfil quase empreendedor é importante para garantir que ele esteja empenhado na construção do negócio.”

4) Mostre que há espaço para crescimento

Motivação é essencial. Por isso, é importante deixar claro à equipe que há grandes possibilidades de desenvolvimento profissional com o crescimento da empresa.

como_montar_equipe_pequena_interna

5) Invista em valorização individual

Uma das grandes vantagens das empresas pequenas é a possibilidade de ter um contato mais pessoal com os seus funcionários. Por isso, aproveite esse diferencial para tratar os membros da equipe de maneira individualizada. Entenda seus pontos fortes e fracos e trabalhe tanto as suas potencialidades quando as habilidades a serem melhoradas.

6) Seja transparente

“É importante que o profissional seja claro quanto aos desafios a serem enfrentados e as conquistas que estão sendo feitas em conjunto”, orienta Carol. Esse passo é um grande diferencial para que as pessoas se sintam valorizadas.

7) Trabalhe o espírito de equipe

Deixar sempre claro à equipe que a conquista de um é também de todos é muito importante para mantê-la motivada e engajada com o crescimento do negócio.

 

Fotos: Shutterstock

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter! 

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

Mariana Ribeiro

Jornalista com sotaque e alma do interior. Longe das finanças, passa o tempo atrás de música brasileira, rolês baratos e ônibus vazios. Acredita que o mundo seria outro se as pessoas tentassem se ver.
Fale comigo! :) mariana@financasfemininas.com.br

close