Quanto custa antecipar a restituição do Imposto de Renda?

Quanto custa antecipar a restituição do Imposto de Renda?

Assim que assumimos uma dívida, ficamos louquinhas para pagá-la. A questão é: como? Principalmente naqueles casos em que não conseguimos mais dinheiro além do nosso salário. Bate aquele desespero que nos faz tomar decisões erradas. Pois é, a ansiedade só nos faz optar pelo caminho errado.

Se você fez dívidas, tudo bem. Pare e pense numa forma certa de liquidá-las. E nem sempre precisamos nos enforcar mais com a corda no pescoço. O primeiro passo é saber qual é o tamanho de todas as dívidas e quanto paga por cada uma. Assumir e saber quanto paga de juros em cada parcela é fundamental na resolução.

O terceiro passo é encontrar uma forma de pagar tudo. Não caia nessa de que fazer um novo empréstimo é um bom negócio. Uma possibilidade é contar com a restituição do Imposto de Renda. Porém, um empecilho pode ser a data de recebimento dele. Aí que entra o desespero – algumas mulheres optam por pegar a restituição antecipada na banco, sem pensar bem antes.

Gente, isso nada mais é do que um empréstimo. Fique atenta! Antes de sair assinando os papéis, você precisa saber quanto isso vai custar. Para conseguir a restituição do Imposto de Renda antecipada, você vai pagar cerca de 2,5% de juros ao mês. Parece baixo? Então faça a conta de quanto isso representa em reais no total da restituição e compare com quanto você anda recebendo de retorno nas suas aplicações – queremos ver se alguém encontra um investimento que renda tanto por mês!

Se a ideia for antecipar a restituição para consumir algo que você deseja, não vale a pena: você vai pagar para ter aquele dinheiro para poder comprar algo supérfluo? Espere e junte o dinheiro que precisa, não caia no endividamento para fazer isso.

Agora uma questão: vale a pena para pagar as suas dívidas utilizando a restituição antecipada? Depende. Justamente por isso precisa saber quanto está pagando de juros na sua dívida inicial. Se estiver sendo cobrada com juros maiores que esse, é caso de se pensar. Mesmo assim pense em alternativas, como o crédito consignado que é um dos “empréstimos” mais baratos da praça.

Se optar por pegar a restituição antecipada, preste atenção em todos os detalhes. O banco que pegar a grana vai cobrar a dívida em uma única parcela. Lembre-se que a restituição do Imposto de Renda vem em diversas parcelas. Ou seja, lá na frente é possível que você se envolva de novo em outra dívida.

Os pagamentos do Imposto de Renda começam a ser feito em Junho de 2013. Porém tudo depende da data que entregou a sua declaração e se não caiu na malha fina. Esse é o segundo problema, porque uma vez com a dívida feita terá que pagar na data prevista – tendo dinheiro ou não.

Você tem dúvidas sobre o Imposto de Renda?

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

carolinaruhman

Carol Sandler

Fundadora e CEO do site, coautora do livro “Finanças femininas – Como organizar suas contas, aprender a investir e realizar seus sonhos” (Saraiva, 2015). É também palestrante sobre finanças para mulheres e empreendedorismo feminino e palestrou no TEDxSP

close