Ter marido aumenta as horas de trabalho doméstico para as mulheres

Ter marido aumenta as horas de trabalho doméstico para as mulheres

Enquanto os maridos passam o dia trabalhando para colocar “o pão de cada dia” na mesa e bancar as despesas da casa, as esposas ficam encarregadas de realizar todas as tarefas domésticas. Esta descrição parece ser de uma época muito distante, quando as mulheres não podiam votar, dirigir, trabalhar e ter outros direitos que foram conquistados por movimentos feministas, não é mesmo?

Mas, infelizmente, este é um cenário ainda recente. Segundo um estudo da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, as mulheres trabalham sete horas a mais que os homens, por semana, em afazeres domésticos. Isso significa que os homens casados têm, por dia, uma hora livre das tarefas domésticas.

Você também pode gostar:
5 mitos sobre o feminismo que precisam ser desfeitos
Vídeo: Como as marcas começaram a entender o empoderamento feminino
As mulheres querem produtos que as representem

Pode parecer que a situação está ficando mais justa com o passar dos anos, considerando que em 1976 as mulheres tinham, em média, 26 horas de trabalho doméstico por semana, enquanto os homens tinham somente seis. No entanto, atualmente, aquelas que têm três filhos ou mais chegam a trabalhar em casa por até 28 horas, confirmando que a responsabilidade de cuidar da casa e da família ainda é atribuída ao sexo feminino.

igualdade_genero

Para os pesquisadores da Universidade, a sociedade conduz as mulheres a assumirem sozinhas tais responsabilidades, um padrão que não mudou, mesmo com a participação do gênero no mercado de trabalho. Ou seja: elas trabalham fora, ganham salários e contribuem com a renda da família, mas ainda assim têm um volume de trabalho doméstico semelhante ao de 40 anos atrás.

A análise foi feita a partir de dados sobre dinâmica da renda familiar, coletados pela Universidade desde 1968, em comparação com entrevistas atuais de homens e mulheres sobre como se dedicam aos lares.

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e assine a nossa newsletter!

Fotos: Shutterstock

Desabafa!

Se você tem alguma dúvida sobre sua vida financeira ou uma boa história sobre dinheiro para contar pra gente, mande através do formulário abaixo.

O conteúdo da sua mensagem poderá ser utilizada em nossas matérias. Caso você prefira não ter o seu nome identificado, é só selecionar a opção "Mensagem Anônima".

personNome

personSobrenome

Mensagem anônimainfoSim

local_post_officeEmail:

commentMensagem: (obrigatório)

Este conteúdo foi útil para você?

karinaalves

Karina Alves

Jornalista e editora de conteúdo do Finanças Femininas. Já trabalhou em jornais impressos, online, rádio e com produção. Tem fascínio pela junção entre economia e psicologia, procura explorar cada vez mais esse universo e busca usar esse aprendizado para ajudar as pessoas a levarem uma vida financeira mais saudável! Contato pelo karina@financasfemininas.com.br

close